Com esclerose, atriz Cláudia Rodrigues acredita que nasceu de novo

Ela está em recuperação, sendo cuidada por sua filha

Dois meses após se submeter a um transplante de células-tronco para curar uma esclerose múltipla, doença que ataca o sistema nervoso central, a atriz Claudia Rodrigues diz que “nasceu de novo”. Em casa, se recuperando do tratamento que durou cerca de quatro meses e foi realizado num hospital em São Paulo, ela está sob os cuidados da única filha, Iza, de 13 anos, fruto da relação com o ex-marido, Brent Hieatt. As duas posaram juntas para a revista “Caras” desta semana, e Claudia falou do desafio de ter que raspar a cabeça.


A atriz conta com os cuidados da filha (Crédito: Arquivo pessoal)
A atriz conta com os cuidados da filha (Crédito: Arquivo pessoal)

“Tinha muito apego ao meu cabelo, mas estou me achando bonita careca”, declarou ela à publicação.

Antes do transplante, Claudia teve que fazer seis sessões de quimioterapia, o que fez o cabelo da atriz começar a cair. A própria comediante, então, decidiu raspar a cabeça por completo. O transplante foi realizado com sucesso, mas Claudia só deixou o hospital um mês depois, por conta de uma bactéria no estômago.

“Em nenhum momento eu tive medo de morrer. Entreguei nas mãos de Deus e disse: ‘Se quiser me levar, seja sem dor’”, disse ela, que por consequência do tratamento chegou a ter problemas na fala, na memória e nos movimentos. “Isso passou. Estou ótima de verdade. Nasci de novo, e tenho certeza de que estou curada, mas ainda não posso bater o martelo. Preciso esperar seis meses para fazer novos exames e poder afirmar que tudo deu certo”.

O carinho da filha, garante a atriz, foi fundamental para a recuperação de Claudia.

“Acho que esse transplante me fará melhor do que eu era. Fiquei mais religiosa, mais calma e dou mais atenção aos outros. Iza (a filha) também me ajudou a enfrentar tudo. Às vezes, estou chorando, e ela me conforta. Tive um baque ao descobrir a doença, mas naquela hora só quis saber se podia ser mãe. Foi uma felicidade realizar o sonho da maternidade”.

Fonte: Com informações do Extra