"Estava no meio do mato", diz homem que encontrou Cristiano

Cantor e a namorada Alana morreram em um acidente, em Goiás.

Giovani Borges foi o primeiro homem a prestar socorro ao cantor Cristiano Araújo, que juntamente com a namorada Allana, morreu em um grave acidente de trânsito, em uma rodovia de Goiás, na última quarta-feira (24). Durante entrevista, Giovani deu detalhes de como tudo aconteceu.

"Presenciei uma cena de completa destruição. Cristiano e Allana estavam fora do carro. Ele estava no meio do mato que separa as duas vias e ela estava do outro lado da rodovia”, disse.

Image title

Ele relata que, no início, não sabia que se tratava do cantor sertanejo Cristiano Araújo.

"A principio, não sabia que era o Cristiano Araújo. De repente me deparei com um homem deitado no chão, no meio do mato. Eu vi como ele estava, quais eram os ferimentos, foi aí que vi que ainda tinham duas pessoas dentro do carro. Conversei com eles e, quando vi que os dois estavam bem, verifiquei qual era o estado de Alana. Ao constatar que ela estava com as pupilas dilatadas, vi que ela já estava morta e aí foquei minha atenção em quem mais precisava”.

Giovani já faz curso de primeiros socorros e explica como agiu. "Imobilizei ele com um boné, que eu aprendi fazer isso como colar cervical. Eu examinei o Cristiano e ele não apresentava fraturas visivelmente. Ele só reclamava que sentia bastante dor, ele não estava em condições o que estava acontecendo ao seu redor. Não viu nada a sua volta”, relatou, contrariando boatos de que o sertanejo teria visto o corpo de Allana já sem vida”.

"Ao entrar na sala de raio-x, ele estava com bastante dor. A gente começou a fazer raio-x e ele estava muito agitado. Aí eu chegava no ouvido dele e falava ‘o seu pai está chegando. Daqui a pouco ele vai ficar aqui com você’. Ai ele se acalmava e era quando a gente conseguia fazer o exame”, explicou. 

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do AudiênciadeTV/Fotos: EGO