Famosos comentam afastamento da presidente Dilma em posts na web

Senadores aprovaram a instauração do processo de impeachment

O plenário do Senado Federal aprovou na manhã desta quinta-feira, 12, a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Foram 55 votos a favor e 22 contra a instaauração do processo e, com essa decisão, ela fica afastada do cargo por até 180 dias, deixando a presidência nas mãos do vice, Michel Temer. A decisão mobilizou o país e as redes sociais e os famosos não ficaram de fora. Muitos usaram seus perfis na web para lamentar e comentar o afastamento de Dilma e o atual cenário político brasileiro.

Johnny Massaro: "Nojo. Não podemos aceitar nada que seja retrocesso e precisamos dar nome certo: é golpe! Temer não pode ser a opção porque claramente não representa avanços nas questões humanas (sem falar da ilegalidade do processo e do seu óbvio envolvimento com esquemas de corrupção); somente e supostamente naquilo que envolve os poucos que muito e mais se beneficiam da máquina econômica. Entendo, com muita tristeza, que a maioria (?) não entenda o que significa esse impeachment: as forças que o movem são muito poderosas. É preciso discutir e entender profundamente o que queremos enquanto seres humanos".

Roberto Birindelli: "55 milhões x 55 votos tipo mais ou menos políticos. 7 x 1 povo brasileiro. Democracia vem da palavra 'demos' (povo). Se o povo não está sendo ouvido, validado, contemplado, não há democracia...".

Gisele Itié: "Não basta ser ladrão, tem que ser amigo de racista e homofóbico. Bom dia Brasil! #motivação".


Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do EGO