Florinda revela separação de Chaves e diz que Girafales também a cortejava

Após a morte de Bolaños, Florinda Meza foi acusada de colocar câmeras e proibir a visita de fãs ao túmulo do marido. "Não é verdade", rebateu dona Florinda.

 Florinda Meza visitou os estúdios do SBT, em São Paulo, e concedeu na noite desta quarta-feira (25) a primeira entrevista após a morte do marido, Roberto Gómez Bolaños, criador das séries "Chaves" e "Chapolin", falecido em novembro do ano passado. Os dois estavam juntos há 37 anos.

A atriz, que interpretou a personagem dona Florinda em "Chaves", revelou a intimidade do casal e citou o período de três meses em que estiveram separados. "Ele saiu de casa porque se sentiu pressionado por filhos, ex-mulher, imprensa. E, quando ele quis voltar, eu já não o queria mais. Fui dar aula de dança, e a empregada o deixou entrar. Quando voltei para casa, encontrei um caminho de flores. Na minha cama, estava escrito 'eu te amo'", revelou Florinda, emocionada, durante participação no "Programa do Ratinho", no SBT.

Florinda contou ainda sobre as constantes "investidas" de Rubén Aguirre, o professor Girafales. "Eu era uma jovem atrativa, bonitona. Todos davam em cima e não só o Roberto", afirmou a atriz citando nominalmente Aguirre.

Após a morte de Bolaños, Florinda Meza foi acusada de colocar câmeras e proibir a visita de fãs ao túmulo do marido. "Não é verdade", rebateu dona Florinda.

Além disso, a atriz se tornou vítima constante de declarações fortes de outros integrantes da série mexicana. Maria Antonieta de las Nieves disse que Florinda foi amante de Bolaños e Carlos Villagrán, o Quico. Já Rubén Aguirre, o professor Girafales, declarou que Bolaños a "endeusava".

"No caso da Maria Antonieta de las Nieves, eu a considero uma grande companheira. Não posso dizer uma grande amiga, porque eu era mais próxima dos outros, mas era uma grande companheira. Eu não tenho nenhuma queixa. Se eles disseram algo, pois ponham em dúvida também a quem comenta. A imprensa não é muito verdadeira, mente muito para criar polêmica", se defendeu Florinda.

Fonte: Uol