Humorista Eduardo Sterblitch se desculpa por personagem 'Africano'

Eduardo Sterblitch pediu desculpas em um post no Facebook

Após um  avalanche de críticas envolvendo o personagem 'Africano' do programa Pânico na Band, o humorista Eduardo Sterblitch pediu desculpas em um post publicado em sua página do Facebook:

Image title

Batizado de "Africano", o personagem "recebe entidades", não se comunica de forma civilizada, e é tratado como um ser primitivo. Tanto que, na legenda de suas atribuições como cozinheiro quando fez parte da sátira de MasterChef, "planta e colhe" foram as descrições.

Assista ao vídeo:

O #PanicosChef teve um novo participante indescritível. Dá uma ligada no cara. (Versão integral no canal do...

Posted by Programa Pânico on Quinta, 30 de julho de 2015


Como forma de se organizar contra o programa, o evento "Repúdio ao racismo do personagem Africano no Pânico na Band" foi criado."Repudiamos a maneira nojenta em que retratam os povos da África a fim de intensificar o mito de que tudo que vem da Africa e todo seu povo não tem educação e merece gargalhadas de escárnio. Nós exigimos o fim deste quadro que não tem outro objetivo a não ser humilhar um povo e raça", afirmam os organizadores da página em texto de abertura do evento.

COMUNICADO – Programa Pânico Uma das principais marcas do Programa Pânico é a criação de personagens, sejam eles inspirados em personalidades, profissões ou em diferentes culturas. "O ‘Africano’, interpretado pelo humorista Eduardo Sterblitch, é uma das caracterizações presentes no quadro ‘Pânico’s Chef’, sátira do programa de culinária ‘MasterChef’. Neste mesmo quadro há caracterizações de mexicanos, chineses, árabes, entre outros. O Programa Pânico está no ar há 12 anos na televisão brasileira e jamais teve a intenção de ofender seus telespectadores com nenhuma de suas atrações, mas sim, levar entretenimento com seu humor característico. O Programa Pânico pede desculpas ao público que se ofendeu com o personagem"

Fonte: Com informações do Brasil Post