Integrante da banda Fly é acusado de racismo após declaração

Integrantes da banda Fly fazem comentários racistas na revista

Caíque Gama, integrante da banda Fly, foi acusado de racismo após uma declaração que provocou polêmica nas redes sociais. O jovem foi convidado pela revista Atrevida a comentar comportamentos femininos.

Um dos temas era “trança” e Caíque fez piada.

— É bonito. Para quem tem cabelo ruim é uma salvação.

A declaração caiu como uma bomba nas redes sociais. A banda é admirada por vários adolescentes, entre eles, meninas e meninos com cabelos crespos, que se sentiram ofendidos.

Caíque comentou a polêmica em seu Twitter, na noite deste domingo (4).

— Já vem gente que não sabe nada sobre minha vida, sobre meus amigos, me chamando de racista. Lava sua boca para falar de mim. Nego interpreta as coisas e leva pra maldade pra ter motivo pra me xingar. Ah, que preguiça. Se ofendeu alguém, falei em tom de brincadeira. Eu acho lindo quem usa trança, quem assume o blackpower, se eu tivesse, usaria, então cala a boca e vai ser feliz. Em vez de ficar procurando motivo para arrumar confusão e discórdia e se sentindo mal por isso, você está sendo racista com você mesmo.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7