Irmão de Marco Ricca desaparece e famosos mostram apoio ao ator

Ele é irmão do ator Marco Ricca e estava vindo de Sampa para o Rio quando desapareceu.

Camila Pitanga, Bianca Rinaldi, Tania Mara, Fafá de Belém e outros famosos usaram suas contas no Instagram para mostrar apoio ao ator Marco Ricca. Na quinta-feira, 11, o ator divulgou um comunicado confirmando que seu irmão, Giuliano Ricca,  está desaparecido desde o dia 19 de outubro após viagem de carro entre São Paulo e o Rio de Janeiro. "Eu e minha família estamos passando por um momento muito difícil", disse ele, através de nota oficial.

Camila Pitanga fez apelo aos seguidores: "Guiliano é irmão do ator Marco Ricca.Estava indo de carro para o interior trabalhar e depois do pedágio não foi mais visto...Marco está desesperado pedindo ajuda."

Luana Piovani também compartilhou a mensagem: "Pode ser um bom dia! Alguma notícia, novidade,liguem! Por favor nos ajudem a encontrar nosso estimado Guiuliano. Ele é irmão do ator Marco Ricca e estava vindo de Sampa para o Rio quando desapareceu."

Tania Mara pediu orações para o produtor cultural. "Que Deus abençoe o dia de hoje e que o Giuliano Ricca seja encontrado logo! #compartilhe #deuseenossaforca", escreveu a cantora.

Em conversa com o EGO, Zezé Polessa contou que falou com Giuliano poucos dias antes do desaparecimento. "Estou sabendo do desaparecimento há um mês. Não apareceu o carro, o celular, o cartão de crédito, é tudo muito estranho".

Leia o comunicado de Marco Ricca na íntegra:
"Eu e minha família estamos passando por um momento muito difícil. Desde o dia 19 de outubro de 2014, meu irmão Giuliano Ricca, produtor cultural, desapareceu enquanto viajava em seu carro CRV Preta, placa EMO 9888, saindo de São Paulo para o Rio de Janeiro, pela Rodovia Presidente Dutra. Durante todo este tempo contei com o apoio da Polícia Civil de São Paulo, que investiga o caso. A decisão de não divulgar o desaparecimento do Giuliano, até agora, mesmo com indagações por parte da imprensa, foi para não prejudicar o andamento das investigações e nem comprometer o sigilo das informações. Porém, chegamos a um ponto em que qualquer dado sobre o paradeiro do meu irmão é fundamental para a conclusão do caso. A família agradece o trabalho incansável da Polícia Civil de São Paulo, a solidariedade dos inúmeros amigos e o apoio da imprensa na publicação da foto abaixo.  Para informações sobre o Giuliano, por favor, entrar em contato com Centro de Comunicações do DHPP - CECOP, através do telefone (11) 3311-3950 e através dos emails [email protected] e [email protected]
Marco Ricca”


Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Ego