Junior fala sobre declarações contra Bolsonaro: 'Conteúdo editado'

Vídeo levou seguidores de Bolsonaro a criticar o irmão de Sandy

O cantor Junior Lima se manifestou, nesta quinta-feira (8), por meio de nota de esclarecimento em seu Facebook, sobre possíveis declarações feitas por ele a respeito de Jair Bolsonaro durante entrevista que  concedeu à TV Folha na segunda-feira (5).]

De acordo com o comunicado, o irmão de Sandy disse que escolheu escrever a nota para "evitar qualquer descontextualização ou interpretações diversas".O artista comentou que, o que houve, com relação à entrevista, foi edição do conteúdo da mesma. 

Por conta da dita edição, acrescentou, "uma comparação e linha de raciocínio (a qual não sou o primeiro e, com certeza, não serei o último a fazer) acabou ficando vaga, induzindo o espectador a entendimentos manipuláveis tanto pela direita quanto pela esquerda, vieses naturais da polarização atual que estamos vivendo".

Entenda

Circulou na mídia e na internet que, durante entrevista à TV Folha, do jornal Folha de S. Paulo, o cantor Junior Lima criticou veementemente Bolsonaro.

“Dá medo de ver Bolsonaro querendo ser presidente, não é possível o discurso de ódio que esse cara tem. Discurso de ódio não vai me convencer nunca, porque não é por aí", foi apontada como frase do artista.

A opção sexual do outro cara é diferente da minha então eu tenho que odiar ele (sic). Que coisa mais estúpida. Está te faltando problema de verdade. Ou então você precisa olhar para você mesmo que na verdade você está com vontade de ser igual a ele (homossexual)”, teria acrescentado Junior.

O cantor ainda falou que antigamente tinha medo de desagradar as pessoas com as suas opiniões e hoje não se preocupa mais com isso.

O vídeo, de pouco mais de seis minutos, que foi publicado no site e no Facebook da Folha, levou seguidores de Bolsonaro a criticar o irmão de Sandy.

A resposta não demorou muito, pois na noite seguinte à divulgação do vídeo de Junior, o filho do meio de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), também Deputado Federal, postou em suas páginas das redes sociais um outro vídeo onde rebate o cantor.

O jovem deputado cita até mesmo o pai do cantor, Xororó, dizendo que todo o talento de sua família ficou entre as músicas de Chitãozinho e Xororó e Sandy, essa sendo "a única coisa boa que o cantor fez na vida".

Junior Lima
Junior Lima


Nota de Esclarecimento de Junior Lima

Prezado leitor,

Escolhi escrever esta nota de esclarecimento buscando evitar qualquer descontextualização ou interpretações diversas. Por conta da edição de uma entrevista recente em vídeo, uma comparação e linha de raciocínio (a qual não sou o primeiro e, com certeza, não serei o último a fazer) acabou ficando vaga, induzindo o espectador a entendimentos manipuláveis tanto pela direita quanto pela esquerda, vieses naturais da polarização atual que estamos vivendo.

Esclareço, portanto, que não sou partidário de nenhum destes lados. Como cidadão e artista, defendo e sempre defenderei a democracia e o combate à homofobia, ao racismo e ao fascismo.Ainda que eu tenha tido uma vida com mais oportunidades que a maioria dos brasileiros, estou acostumado a sentir na pele o que a intolerância e a pregação do ódio são capazes, o que me torna ainda mais sensível ao sofrimento que minorias, tão menos favorecidas em razão de múltiplos preconceitos, passam ao longo de suas vidas.Independentemente de posição política, sonho com que não se perca o amor ao próximo.

Sociedade é a vida em grupo e cuidar desse grupo, deve ser o objeto maior da cidadania, tendo a educação como base e a democracia como diretriz.Por fim, que fique claro que não tive a intenção de ofender ninguém. É somente minha opinião.Não comentarei mais sobre o assunto.

Muito obrigado pela atenção, Junior Lima.

Fonte: Notícias ao Minuto