Kelly Key revela que foi traída por Latino: 'Não aguentava mais'

Segundo a cantora, os dois não têm muito contato

Kelly Key está separada há 16 anos de Latino, mas a relação dos dois voltou a ser pauta durante a entrevista que ela deu ao programa "De Cara", da rádio FM O Dia, na quarta, 1º.

Segundo a cantora, os dois não têm muito contato. "Não tenho relação com ele. A última vez que nos falamos foi por email, há dois anos", contou.

Casada com o empresário Mico Freitas, ela também comentou sobre a relação de Latino com a filha, Suzana Freitas. "Ele paga um salário mínimo para ela."

Kelly e Mico são pais de Jaime Vitor Freitas, de 11 anos. Já Suzana é filha da cantora com Latino, mas a adolescente já declarou que considera Mico seu pai.

A cantora também relembrou o motivo de ter colocado um ponto final na relação. "Eu que terminei porque era muito traída, não aguentava mais aquilo. É algo que faz 16 anos, então algumas coisas ficaram no tempo, lá atrás, e não me recordo, mas eu sei que fui que coloquei um ponto final na relação. Aliás, não foi o primeiro que eu pus, já tinha feito isso várias vezes, até porque tivemos várias idas e vindas. Era um relacionamento muito mal resolvido e eu era muito jovem. O final era certo, a gente só não sabia quando ia acontecer. Eu era nova e imatura e aceitava coisas que não deveria ter aceitado, justamente por ser jovem", relembra. Segundo ela, apesar das traições por parte de Latino, ela nunca deu o troco na mesma moeda.

"Nunca traí o Latino, eu tinha 16 anos, era burra. Eu chorava muito. Hoje, tenho 33 anos, não teria problema em admitir se tivesse traído, até porque não teria feito nada demais, teria sido um refúgio para muitas das coisas que sofri. O problema é que na hora de voltar eram flores, cartas, declarações de amor, e meu coração ficava mole, o que só me fazia sofrer mais ainda", afirma.Apesar de tudo isso, Kelly Key admite que Latino teve alguma importância para sua carreira.

"Em partes, acho que foi muito bacana. Ele só me apresentou as pessoas certas, não me deixou cair em armadilhas. O importante de ter uma pessoa que conhece o mercado é justamente esse, você não cair em armadilhas porque tem muita gente do mal por aí", contou ela, que diz não guardar mágoas do ex-marido.

"Costumo dizer que tudo que vivenciei parece que foi um filme, não parece que foi comigo, então não ficou nenhuma mágoa, nenhum ranço, nada que tenha ficado em mim de forma ruim. Eu o admiro como artista."

Kelly Key e a filha Suzanna (Crédito: Reprodução/ Instagram )
Kelly Key e a filha Suzanna (Crédito: Reprodução/ Instagram )


Fonte: Ego