Ken Humano tem alta após meses internado: "Estou bem e muito feliz"

Debilitado, o rapaz estava em uma cadeira de rodas e foi levado pela tia Marília para a casa dos avós em Araxá, a 177km.

O drama do Ken Humano parece estar chegando ao fim. Celso Santebanes deixou o Hospital de Clínicas de Uberlândia, da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU), nesta quarta-feira, 1º, onde estava internado havia 75 dias. Na saída do local, ele falou com muita dificuldade: "Estou bem e muito feliz". Debilitado, o rapaz estava em uma cadeira de rodas e foi levado pela tia Marília para a casa dos avós em Araxá, a 177km.

A alta foi anunciada em um comunicado oficial divulgado no começo desta tarde. "O paciente Celso Santebanes recebeu alta hospitalar do setor de Oncologia do Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU), hoje. Mantém o quadro de leucemia linfóide aguda philadelphia positivo em remissão atual. Encontra-se no 75º dia do tratamento, em quimioterapia oral, consciente, comunicativo, em bom estado geral. Está em reabilitação motora e respiratória. Alimenta-se normalmente, porém, ainda com episódios de dificuldade de deglutição. Permanece com traqueostomia, sem necessidade de oxigênio e respirando normalmente. O quadro clínico continua estável, em melhora progressiva", diz a nota do hospital, explicando o estado de saúde de Celso.

O comunicado ainda informa que, apesar de ter recebido alta, o rapaz vai continuar seu tratamento em casa e vai precisar de um transplante de médula óssea: "Após a alta, Celso continuará o processo de reabilitação, sob acompanhamento ambulatorial e em uso de quimioterapia oral. Ele necessita continuar o tratamento quimioterápico de forma ininterrupta, com previsão de nova internação para receber quimioterapia endovenosa nos próximos 15 dias. Possui indicação de transplante de medula óssea; aguarda identificação de doador".

Antes de ser transferido para o hospital de Uberlândia, o Ken Humano foi internado primeiramente, no dia 7 de janeiro, em Araxá, Minas Gerais, mas foi encaminhado logo depois para Patos de Minas por causa da gravidade de seu quadro. Apenas oito dias depois, em 15 de janeiro, ele voltou a ser transferido, desta vez para o Hospital de Clínicas de Uberlândia.

Em uma rede social, o modelo festejou a boa notícia nesta quarta-feira. Enfrentei a morte cara a cara, fiquei em coma quase um mês, meus rins pararam de funcionar, mas graças a Deus tudo isso passou, foi só um pesadelo. Hoje estou recebendo alta, saio do hospital com a cabeça erguida e muito feliz!", escreveu ele em seu perfil no Instagram.

Nesta segunda-feira, 30, Celso já havia comemorado previamente a notícia, depois de passar quase dois meses internado. O modelo contou que deixará o hospital. "Depois de quase três meses lutando contra o câncer em cima de uma cama, hoje recebi a melhor notícia que eu poderia receber: nesta quarta ganharei alta! Estou muito feliz, passei pela morte mas sobrevivi", disse Celso.

A descoberta da doença se deu quando Celso foi investigar uma inflamação. Assim como Andressa Urach, o rapaz dizia sofrer com complicações por conta do hidrogel. O drama do modelo começou quando ele recebeu o diagnóstico de leucemia linfoide aguda. Celso foi internado primeiramente no dia 7 de janeiro em Araxá, Minas Gerais, mas foi encaminhado logo depois para Patos de Minas por causa da gravidade de seu quadro. Apenas oito dias depois, em 15 de janeiro, ele voltou a ser transferido, desta vez para o Hospital de Clínicas de Uberlândia, da Universidade Federal de Uberlândia, onde permanece internado até o momento.

No dia 3 de fevereiro o estado de Celso se agravou abruptamente e o boletim médico indicava "risco iminente de morte". Na ocasião, em entrevista ao EGO, a mãe de Celso, Marli Borges, chegou a admitir que não acreditava mais na Recuperação do filho. "Não tenho mais nenhuma esperança", disse ela, enquanto o filho permanecia em coma.

No dia 10 de fevereiro o hospital já descartava risco de morte, apesar do quadro ainda ser grave. Dois dias depois o modelo passou a respirar sem ajuda de aparelhos e de lá para cá seu estado vem melhorando progressivamente.

A avó de Celso, Terezinha Borges, que o visitou na noite do último dia 9, horas depois que o rapaz foi transferido para um quarto, disse que o neto estava emocionado ao receber alta da UTI. "Ele está sendo salvo. Para nós ele nasceu de novo", vibrou.

Namoro com ex-estilista de Andressa Urach

Há duas semanas, ele começou a dar entrevistas. "Nasci de novo", foi sua primeira declaração, no dia 12. No dia seguinte, Celso contou mais detalhes do período em que ficou em coma. "Quase morri, me livrei da morte". Ele disse ainda, na segunda-feira, 16, que os 40 dias na UTI foram os piores de sua vida. "Foi um teste de Deus". E garantiu ter mudado. "Tenho outros valores hoje em dia. Vaidade para mim virou ilusão".

Na quinta-feira, 19, Celso revelou que está namorando Jennifer Pamplona, ex-estilista de Andressa Urach. "Tenho passado o tempo assistindo TV e mexendo no celular. Perdi o movimento das pernas por ficar deitado tanto tempo e estou na cama, sem andar. Já estou fazendo fisioterapia e está voltando. O maior apoio que estou recebendo é da minha namorada, Jennifer. Ela é minha boneca Susi", disse Celso.




Fonte: Ego