Mari Gonzalez abre o jogo em ensaio: 'Tive um único homem na vida'

A panicat de 21 anos afirmou que começou a namorar aos 13 anos.

Mari Gonzalez, do programa “Pânico”, diz que sofre preconceito por trabalhar com a sua sensualidade. Por ser uma panicat, a baiana de 21 anos costuma gravar usando trajes minúsculos. “As pessoas confundem. Só porque ficamos de biquíni acham que somos piranhas. Mas garanto que tem muita mulher que faz pior e não trabalha de biquíni”, contou ela, nos bastidores de seu primeiro ensaio sensual, para o Paparazzo.

Mari também revelou um pouco de sua intimidade: “Só tive um único homem em minha vida, que é meu ex-namorado (Cauê Marinho). A gente começou a namorar quando eu tinha 13 anos e terminamos há dois meses. Ainda brincava de boneca quando comecei a namorar”.

Mari disse que até se envolveu com outras pessoas depois do término, mas não conseguiu chegar aos finalmentes. “Sexo tem que ser com amor. Não vale a pena dar por dar”.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Ego