Mari Paraíba diz que chorou muito ao ser cortada das Olimpíadas

A jogadora de vôlei posou para ensaio sensual

Quem vê Mari Paraíba desenvolta nas quadras, nas redes sociais e nas páginas das revistas (com direito a uma capa para a "Playboy" em 2012) não imagina o quanto ela é tímida. Mas a jogadora de vôlei deixou a timidez (e as roupas) de lado e posou para o Paparazzo, em um ensaio que vai ao ar na abertura da Olimpíada Rio 2016, nesta sexta-feira, 5.

"Sou muito travada. Até me soltar, demora. Claro que encaro como um trabalho profissional, mas sou tímida", disse ela, que antes de aceitar o convite pediu aval dos pais. "São as primeiras pessoas para quem peço opinião antes de fazer um trabalho", explicou.

Mari foi uma das 17 atletas convocadas para defender a seleção brasileira de vôlei na Olimpíada, mas foi cortada duas semanas antes da competição, que terá só 12 atletas na delegação. "Claro que fiquei triste. No dia eu chorei para caramba, mas era uma coisa que podia acontecer. Fico feliz de ter sido uma das 17 convocadas, de estar entre as melhores do Brasil. Vou torcer para as meninas do mesmo jeito como se estivesse lá".



Mari Paraíba (Crédito: Paparazzo)
Mari Paraíba (Crédito: Paparazzo)
Fonte: Com informações: Ego