Munik compra carro de R$ 80 mil para pai com posts patrocinados

Ela ainda não mexeu no prêmio do BBB 2016

A vida de famosa de Munik Nunes após o "BBB 16" vem lhe rendendo o sustento de cada dia. Com dois milhões e meio de seguidores no Instagram, a ex-BBB está conseguindo se manter sem mexer no prêmio de R$ 1,5 milhão faturado no reality da Globo.

Sua nova aquisição financeira é prova disso, ela comprou um carro para o pai, avaliado em R$80 mil - apenas com dinheiro que ganhou em publiposts (postagem patrocinada na web).

"A minha vontade era que meu pai parasse de trabalhar com motos. Ele trabalhou a vida inteira com moto, era mototaxista, mas já caiu várias vezes. Ai comprei o carro pra ele. Ele quer ser motorista de Uber agora, mas por enquanto não está precisando trabalhar porque estou ajudando. Ele que escolheu o carro, queria muito um automático", contou a ex-BBB que logo que saiu do reality também comprou um carrão para si mesma.

Em entrevista, Munik - que recebeu o carinho de fãs em encontro na noite desta quinta-feira, 14, no Rio - explicou como está ganhando dinheiro:

"Tenho feito também presenças em eventos, umas quatro por mês pelo menos. Mas o que mais tenho feito são as postagens pagas."

Mas quem pensa que a campeã do "BBB 16" aceita postar foto com qualquer produto está enganado. "Já teve muita propaganda que eu não aceitei fazer. Uma vez não fiz porque não sabia como fazer uma foto legal. Achei que não valeria a pena. Também já me pediram pra fazer de um vestido e eu não gostei, mas converso com o contratante e peço para trocar por outra peça. Se eu nao gosto, se não ficar bem em mim, não dará também retorno para a loja", contou Munik.

Usar parte do R$ 1,5 milhão que ganhou, no entanto, é algo que está nos planos de Munik. Ela quer comprar um ou dois apartamentos. "Ainda não mexi no prêmio, mas quero, sim. Penso em comprar um apartamento no Rio. Amo São Paulo, de repente lá também. Se for por agora terei que mexer no prêmio pra comprar", diz ela.

Munik (Crédito: Divulgação)
Munik (Crédito: Divulgação)


Fonte: Ego