Rafael Ilha revela que chegou a fumar 70 pedras de crack por dia

Ex-integrante do Polegar usava drogas em grandes quantidades

Image title


Rafael Ilha, 42, participou do programa ’Morning Show’ da Jovem Pan, nesta terça-feira (01), para divulgar sua biografia, “Rafael Ilha - As Pedras do Meu Caminho", escrito pela jornalista e apresentadora Sonia Abrão.

Durante a entrevista, o ex-Polegar contou que no auge de sua dependência química, usava drogas em grandes quantidades: “Eu fumava 60, 70 pedras de crack por dia”.

Rafael Ilha também revelou que começou a fazer uso de drogas muito cedo, antes mesmo de ficar famoso. “O meu problema com a droga não tem nada a ver com o meio artístico. O sucesso me ajudou a sustentar o vício, mas não a me levar. Comecei a usar com 12 ou 13 anos. Com 15 anos eu namorava uma menina mais velha e experimentei cocaína. Na hora virei dependente”, disse ele.

Fonte: Com informações: Msn