Ratinho é massacrado para afastar Marquito após denúncias

A pressão para cima de Ratinho não é só externa, mas interna também

O Ministério Público de São Paulo abriu uma investigação contra o vereador de São Paulo, Marquito, que está sendo acusado de desviar parte dos salários dos seus ajudantes de gabinete. Com o fato, quem acabou se prejudicando diretamente foi Ratinho.

Marquito está em seu programa desde 1998, quando o apresentador se transferiu para o SBT, e a exposição na atração foi o que lhe projetou para se candidatar a vereador nas eleições de 2012.Com a denúncia, a pressão para que Ratinho afaste o humorista do programa aumentou bastante nas redes sociais, principalmente no Twitter.

Segundo informações de funcionários do SBT, a pressão para cima de Ratinho não é só externa, mas interna também. Vários colegas defendem o afastamento de Marquito até que a investigação seja concluída.

O entendimento é de que o caso prejudica a imagem do apresentador, que gosta muito de bradar contra políticos e contra a corrupção no Brasil. "Se ele mantiver o Marquito no ar, ele não poderá manter essa áurea de justiceiro que ele tem, não vai ter moral falar de corrupção e manter um corrupto no programa", afirmou um funcionário direto do "Programa do Ratinho", que pediu sigilo.

Comenta-se que Ratinho não quer exatamente afastar nem demitir Marquito, justamente por ser grato ao que ele fez todos estes anos como humorista da atração. O apresentador, na verdade, não sabe bem o que fazer.

No programa da última quarta-feira (30), ao falar de corrupção em si, Ratinho afirmou apenas que "quem rouba pague pelo que fez", mas comentava diretamente da operação Lava Jato.

O fato é que Ratinho está em uma sinuca de bico. Seguir seus princípios e seu discurso ou confiar no amigo de quase 20 anos? Enquanto ele não toma uma decisão, a pressão só cresce, e o destino de ambos fica na mão do Ministério Público de São Paulo.

Marquito  (Crédito: Divulgação)
Marquito (Crédito: Divulgação)


Fonte: Na Telinha