Saiba como estão 5 ex-chiquititos que trabalham longe dos holofotes

Chiquititas estreou há exatos 19 anos, em 28 de julho de 1997

A primeira versão brasileira da novela Chiquititas estreou há exatos 19 anos, em 28 de julho de 1997. Como a hashtag #chiquititas19anos conquistou os internautas mais saudosos, saiba por onde andam cinco ex-chiquititos que atualmente trilham carreiras longe da televisão e estão satisfeitos em suas áreas de atuação.

Renata Del Bianco: Sempre lembrada como a meiga chiquitita Vivi, que ficou na trama entre 1997 e 1998, ela se formou em veterinária e trabalha em uma marca de ração para animais. “Trabalho no departamento de marketing. Os meus dois lados – atriz e veterinária – estão presentes no meu dia a dia profissional porque, além de ter conhecimento técnico do que compõe ração dos animais, eu mostro todo meu lado comunicativo e expansivo que tenho como atriz para as reuniões e ações de divulgação”, conta Renata, de 30 anos.

Renata Del Bianco (Crédito: Reprodução/ Instagram)
Renata Del Bianco (Crédito: Reprodução/ Instagram)


Felipe Chammas: Famoso como o chiquitito Rafa, que integrou o elenco entre 1997 e 1999, ele deixou a carreira artística e trabalha como comissário de bordo em uma companhia aérea. “De todos, talvez a mudança mais radical tenha sido a minha. Trabalho na aviação há 10 anos”, afirma ele, que chama a atenção pelo visual diferente aos 32 anos. “Tinha bastante cabelo na época de Chiquititas. Hoje, sou careca”, diverte-se Felipe, que guarda recordações dos tempos em que morou m Buenos Aires, na Argentina, por conta das gravações. “Era uma farra. Tenho muitas lembranças. Até da sala de aula! Na minha turma, estudava com a Francis Helena e a Aretha Oliveira”, diz, citando as atrizes que interpretaram as chiquititas Cris e Pata, respectivamente.

Felipe Chammas (Crédito: Reprodução/ Instagram)
Felipe Chammas (Crédito: Reprodução/ Instagram)


Giselle Medeiros: A chiquitita Dani, que participou da novela entre 1997 e 1998, não deixou as artes de lado. “Estou me dedicando 100% pra arte. Desde 2013, fotografo book para atores, casais, newborns, temáticos. Alguns trabalhos são em parceria com meu marido, César Toge. Além da fotografia, há um ano me dedico às artes plásticas. Amo pintar retratos com tinta acrílica sobre tela. Além de ser prazeroso, descobri uma maneira de me expressar que eu não conhecia e me deixa feliz”, conta Giselle, que trabalha na Urbanos Fotografia e não descarta um retorno como atriz: “Voltaria atuar porque é algo que também me deixa realizada profissionalmente e é isso o que mais tenho curtido: viver cada dia trabalhando em algo diferente e com arte.”

Giselle Medeiros (Crédito: Reprodução/ Instagram)
Giselle Medeiros (Crédito: Reprodução/ Instagram)


Jander Veeck: Embora tenha participado como ator de um clipe musical neste ano, o foco do dele, que foi o chiquitito Zeca entre 1999 e 2001, é o trabalho em seu estúdio fonográfico localizado na cidade de Canoas (RS). “Quando saí da novela, comecei a trabalhar com a música. Estou nisso há mais de dez anos. Nesse período, veio a ideia de montar um estúdio. Diariamente – de domingo a domingo – recebemos bandas por lá. O estúdio é na minha casa e é renomado na nossa região.”

Jander Veeck (Crédito: Reprodução/ Instagram)
Jander Veeck (Crédito: Reprodução/ Instagram)


Vivian Nagura: Conhecida como a chiquitita Bel, papel que representou entre 1998 e 2001, fez faculdade de fisioterapia e trabalha na área, embora não tenha abandonado a atuação. “Sou formada em fisioterapia há oito anos. Sou realizada como fisioterapeuta. Amo o que faço, amo de paixão. Trabalho com pacientes ortopédicos e com pilates. A fisioterapia proporcionou que eu conquistasse muitas coisas na minha vida. Mas nunca parei de atuar. Sempre que pensei em desistir, aparecia alguma chance. Por isso, não parei. Por três anos, atuei na peça Abandonados por Você. Viajamos pelo Brasil e fizemos uma temporada em São Paulo. Durante a semana, trabalho como fisioterapeuta, mas aos fins de semana atuo. Na peça Alice no País das Maravilhas, faço o papel do Coelho. Me sinto extremamente abençoada por ter duas profissões tão diferentes, mas que me completam e me realizam ao mesmo tempo. Sou muito realizada em ambas.”

Vivian Nagura (Crédito: Reprodução/ Instagram)
Vivian Nagura (Crédito: Reprodução/ Instagram)


Fonte: Quem