Thammy se curou da síndrome do pânico após transição de gênero

"Eu achava tudo chato em ser mulher" diz Thammy

Thammy Miranda voltou a falar sobre a sua transição de gênero. O ator, que lançou sua biografia na Bienal do Livro do Rio deste ano, disse que, a partir do momento em que começou a tomar injeções de hormônios masculinos,  se curou totalmente da síndrome do pânico, doença que sofria desde a infância.

Image title

"Eu tomei remédio para síndrome do pânico por toda a vida.  Eu comecei a terapia hormonal há um ano, e desde então não tomo mais remédio. Eu me encontrei, e com isso veio a cura", disse Thammy em entrevista ao programa "Xuxa Meneghel" desta segunda-feira (21).

Thammy, que completou 33 anos em setembro, disse que sua mãe, Gretchen , foi a única pessoa da família que ficou com um pé atrás quando ele assumiu sua homossexualidade, mas após o susto respeitou e apoiou o ator.

"Ela deu uma surtada no começo, me bateu, me levou na igreja, fez de tudo. Acho que pelo fato dela ter planejado muita coisa para mim, e eu acabei não seguindo para outro lado. Mas eu tive muita sorte, todo mundo da minha família sempre esteve do meu lado", contou.

Questionado por Xuxa sobre o motivo que o levou a começar o processo de mudança de sexo , Thammy disse que foi pelo fato de sempre ter se sentido desconfortável em viver como mulher.

Image title

"É uma coisa louca. Eu achava tudo chato em ser mulher: roupa, maquiagem, cabelo grande. Eu me sentia incomodado, mas não sabia o que estava errado. Até o momento em que descobri que o problema era o fato de eu ter um cérebro masculino e um corpo de mulher. O que eu tinha por dentro não condizia com o que eu era por fora, adoro cabelo curtinho, andar largado, e como mulher me via na obrigação de sempre está impecável, deixo essa parte mulherzinha para Andressa", disse Thammy.

Fonte: Uol