Tia de Cristiano Araújo quer a prisão de motorista: "Tem que pagar"

Segundo ela, ele tem culpa por não andar na velocidade adequada.

No começo desta semana um relatório técnico da Land Rover divulgou o resultado da velocidade em que o motorista de Cristiano Araújo andava no dia do acidente que matou o cantor e a sua namorada em Goiás. Segundo eles, Ronaldo estava a 179 km/h na hora da batida.

"Esse número corrobora com os depoimentos das testemunhas ouvidas no inquérito, inclusive a do próprio motorista, que assumiu estar acima da velocidade permitida", explicou o delegado.

Mas nem todo mundo concordou com o resultado, a tia de Cristiano Araújo se mostrou bastante revoltada com a situação. “O Ronaldo tem que pagar, a minha irmã tem pena dele, mas eu não tenho agora. Em termos ele contribuiu para a morte do meu sobrinho. O homem erra, todos nós erramos, mas ele era um profissional, tinha um cargo de confiança, tinha que andar na velocidade certa”, declarou ela.

A mulher ainda afirmou que o motorista também errou quando viu que todos estavam sem cinto e não falou nada. “Minha família sempre confunde relacionamento profissional com amizade”, disse.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do Movimento Country