Wanessa Camargo volta ao sertanejo e nega crise no casamento

"Estou voltando às minhas raízes sertanejas'', disse a filha Zezé

Wanessa reuniu um time de sertanejos na noite de segunda, 11, na sede do escritório de Wander Oliveira, da WorkShow, em Goiânia, que comemorou dez anos de trabalho inaugurando o novo espaço.

A cantora foi apresentada como nova integrante do escritório e um time de sertanejos marcou presença. As duplas Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa, Marcos e Fernando, Kleo Dibah e Rafael e Marilia Mendonça estiveram presentes.A cantora falou sobre ser empresariada em um escritório sertanejo.

"Estou voltando às minhas raízes sertanejas. Meu trabalho como Wanessa Camargo tinha referências do country, do pop, música latina, até forró! Gosto me experimentar coisas novas. O sertanejo é um ritmo que sempre vai estar presente na minha vida. Gosto muito de pop. 'O amor não deixa' é uma música sertaneja e foi meu primeiro sucesso", afirma Wanessa.

"Minhas referências são Shania Twain, Celine Dion, Shakira. Eu não fico nessa loucura de estilo, eu gosto de me desafiar, fazer coisas novas. Eu não me identifico com uma coisa só. Minha pegada é romântica. E você vai ouvir minha música e reconhecer Wanessa lá. O que meus fãs vão encontrar sempre é verdade. Não sou atriz, não sei interpretar, mas tenho de cantar uma música que acredito, gosto de me emocionar, de sentir a música", completa a cantora.

Wanessa vai lançar em breve seu novo trabalho e se sente mais independente da influência do pai. "Pela primeira vez eles vão ver o trabalho pronto. Estão vendo como se não estivessem no meio. Estou caminhando pelas minhas pernas, isso é legal. É bom saber que meu trabalho não tem ligação com meu pai, apesar de ser mesma gravadora. Nesse terreno que não tem nada a ver com eles eu me sinto confortável. Espero que as pessoas gostem, amem as músicas e se apaixonem mesmo", declara.

DEFINIÇÃO DE ESTILO

Wanessa garante que não gosta de se rotular, mas não esconde que amadureceu desde o início da carreira. "Não gosto de me intitular nada. Desde o começo nos show houve uma identificação imediata com meu público independentemente do estilo que eu canto eu não. Esse público me liberta para experimentar coisas novas e me aceitar como sou. Eu quero rodar o Brasil com a estrutura que sempre quis. O palco é minha paixão, é o que me faz querer cantar. Antigamente, eu tinha os sucessos, mas não tinha maturidade de palco. Com o eletrônico, peguei cada perrengue e fui aprendendo pegando confiança em mim que eu pudesse segurar o público. Fui conquistando presença de palco. Espero do fundo do meu coração que o público me abrace. Antigamente eu fazia show e tinha muito nervoso, muito medo de errar, hoje eu não tenho", disse ela.

FILHOS

Wanessa falou ainda sobre os filhos, José Marcus, 4, e João Francisco, 2, e contou que não pensa em um terceiro. "Eu amo criança. Se eu tivesse pique ficaria grávida mais dez vezes! Mas com o trabalho fica muito punk, é complicado. Meu foco é educar os meus dois pequenos que já me dão muito trabalho, um trabalho bom, e rodar o Brasil fazendo shows. Nesse momento cuidar dos dois é conciliar trabalho, marido, dois cachorros, amigos, casa, não consegui colocar um terceiro filho, seja adotado ou biológico. Porque senão vou começar a ter de contar com a ajuda de muita gente e acho importante participar ativamente da educação deles", pondera.

A cantora ainda elogiou o marido, o empresário Marcus Buaiz, e negou que eles estejam em crise. "Em casa é muito dividido, ele está sempre junto com os meninos, nunca me senti fazendo menos do que ele. Eu não sou geniosa e nem ciumenta. Já fui ciumenta, mas não adianta infernizar, cobrar, ligar de dez em dez minutos. Você não vai impedir a pessoa de fazer o que ela quiser fazer, ela pode fazer algo que te machuque quando estiver indo ao dentista ao 12h. Ciúme que pode sufocar a pessoa só afasta. A gente já entrou em crise pela imprensa dez vezes e todas foram mentira. Eu não li sobre isso (de que estaria em crise no casamento), nem comento porque não perco tempo com essas coisas. Se eu fosse me preocupar com cada notinha inverdade... As pessoas gostam de criar coisas", garante.

A cantora também falou sobre educação dos filhos. "Penso em passar para eles os valores fundamentais compaixão, lealdade, amor ao próximo, para que eles aprendam a ser pessoas melhores do que os pais. Pouco me importa se eles vão ser gays ou não", afirma.

Boa forma

Dona de um corpo sequinho, Wanessa revela que não resiste a um chocolate. "Eu sou preguiçosa, não gosto muito de musculação, não gosto de malhar com personal. Faço o mínimo para estar bem no palco. Mas não resisto a chocolate, estou nessa fase este mês, não me privo. Quando quero pegar firme vou para a ioga", conta.Wanessa também falou sobre plásticas: "Eu sou contra o exagero, tudo o que você exagera não faz bem, não existe isso de ser perfeita, não existe perfeição. Já estou notando que meu rosto está mudando, mas acho que tem de aceitar ser feliz, aceitar a maturidade. Tem tanta coisa boa que vem com a maturidade, a gente se veste melhor."

NOVO EMPRESÁRIO

Wander Oliveira falou sobre a parceria com Wanessa. "Eu já tinha uma parceria com o Buaiz e eu convidei para vir para nosso time. O mercado está muito bacana para o feminino e ela vai somar muito ao time", disse ele, que também comentou os rumores de Wanessa voltar a investir em música sertaneja. "Não gosto de falar de sertanejo, acho que a música popular brasileira é o sertanejo. A Wanessa tem uma raiz sertaneja. É filha do Zezé, né? Acho que a Wanessa vem nessa linha. Mas meu negócio é música. O negócio é deixar acontecer, estamos escolhendo o repertório a vontade dela porque ela tem se sentir à vontade para cantar. Se vai ser rotulado com sertanejo não importa, o que importa é ser música boa. Lançamos a nova música dela de trabalho ainda este mês, vamos escolher amanhã", adianta.

Wanessa também enalteceu a parceria com o novo empresário. "Estou tão feliz! Além de ser muito generoso, ele me entendeu desde o primeiro momento é ele faz acontecer, está ali para crescer junto."

VISITA A SEU FRANCISCO

Mais cedo, Wanessa chegou a Goiânia na companhia dos filhos José Marcus, 4, e João Francisco, 2, para a casa dos avós Francisco e Helena. "É bom a casa cheia, fico muito feliz quando eles veem, ainda mais porque não é sempre", diz Seu Francisco, que se recupera em casa de uma pneumonia. "Estou bem, como bem e tomo sol, mas só durmo com remédio por causa da tosse", disse ele.Wanessa estava feliz da vida de reunir a família. Em conversa, ela negou que estivesse em crise em seu casamento.



Wanessa Camargo (Crédito: Brazil News)
Wanessa Camargo (Crédito: Brazil News)
Wanessa Camargo (Crédito: Brazil News)
Wanessa Camargo e marido (Crédito: Brazil News)
Wanessa Camargo (Crédito: Brazil News)
Wanessa Camargo (Crédito: Brazil News)
Fonte: Com informações: Ego