Zezé Motta relata abuso sexual que sofreu de taxista

"Tentava acariciar minhas coxas", relembrou a atriz

Assustada com o caso Ana Hickmann, em que um da apresentadora invadiu, armado, o hotel onde ela estava no último sábado, em Belo Horizonte, a atriz Zezé Motta, de 71 anos, relembrou um abuso sexual que sofreu no final dos anos 1970, quando fez sucesso por conta do filme “Xica da Silva”. Em sua rede social, ela relatou que foi assediada por um taxista e, assustada, saiu do carro em movimento.

“A loucura deste fã me fez recordar uma situação muito ruim em que eu vivi. Me lembro que após o ‘Xica da Silva’, os homens se aproximavam de mim desejando a personagem. Achavam que eu ia ser a grande transa da vida deles. Alguns chegavam perto de mim e me encaravam de cima a baixo. Certa vez, precisei descer de um táxi em movimento ao perceber que o motorista tentava acariciar minhas coxas, quando ele percebeu que era a ‘Xica’ que estava naquele táxi pensou em me sequestrar, consegui correr e pedir ajuda, foi horrível…”, contou ela.


Zezé Motta interpretou a escrava Xica da Silva no cinema (Crédito: Reprodução)
Zezé Motta interpretou a escrava Xica da Silva no cinema (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Extra