Fátima Bernardes comandará novo programa e Patrícia Poeta assume o Jornal Nacional

Fátima Bernardes comandará novo programa e Patrícia Poeta assume o Jornal Nacional

O novo programa de Fátima Bernardes está sendo mantido sob sigilo

A apresentadora Fátima Bernardes sairá do ?Jornal Nacional?, anunciou a Rede Globo em coletiva realizada no Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (1). Patrícia Poeta, atualmente no ?Fantástico?, substituirá a jornalista, que fica no jornal até a próxima segunda-feira. "Eu vou continuar com funções jornalísticas. Mas não vou anunciar detalhes desse projeto por uma questão estratégica. A gente vai se reunir em outro momento para dar mais detalhes do programa", revelou a jornalista.

"O que está acontecendo aqui hoje remonta quatro anos, quando a Fátima Bernardes me procurou para falar sobre o projeto de um programa para apresentar na grade da Globo. E ela de fato queria investir no projeto porque, em 2009, ela foi mais incisiva: vamos marcar uma data?", contou Carlos Henrique Schroder, diretor geral de Jornalismo e Esporte da Rede Globo.

Como 2010 seria um ano de Copa do Mundo e de Eleições Presidenciais, Shoreder pediu à Fátima que continuasse mais um ano na bancada do "JN". "Combinamos que, em abril deste ano, ela trouxesse o projeto pronto. E ela trouxe um projeto sensacional. O Octávio [Florisbal, diretor geral da Rede Globo] aprovou a ideia de levá-lo para a grade do ano que vem. Não diremos ainda o horário nem a periodicidade do programa", explicou.

Fátima Bernardes disse então que decidiu sair do ?JN? quando percebeu que não estava conseguindo conciliar o novo projeto com o cargo de editora-executiva, que também será assumido por Patrícia Poeta. ?Incomodava chegar tarde no jornal porque estava em alguma reunião do projeto?, justificou a jornalista.

Sobre a mudança, ela ainda disse que pensou muito antes de tomar qualquer decisão. ?Eu pensava: ?Vou abrir mão de um produto que tem a maior audiência em telejornais para viver um sonho??, questionava-se. ?Mas agora estou com o coração leve e feliz?, concluiu.

William Bonner, que continuará na bancada ao lado de Patrícia Poeta, confessou que em nenhum momento pensou em outra pessoa além da atual apresentadora do ?Fantástico?. ?Foi um alívio perceber que a minha resposta veio de imediato. O perfil da Patrícia era o que se encaixava no Jornal Nacional?.

Carlos Henrique Schroder explicou por que nem chegou a cogitar outros nomes, como o das jornalistas Renata Vasconcellos e Ana Paula Araújo, para ocupar o lugar de Fátima na bancada do "JN". "Olhamos todos os recursos da casa. Só não discutimos a possibilidade de avançar em outros nomes quando chegamos a um consenso. Afinal, eu, o Ali Kamel [diretor da Central Globo de Jornalismo] e o Bonner pensamos na Patrícia", afirmou Schroder.

No "JN" desta quinta-feira, Fátima e William vão anunciar que Fátima deixará a bancada do telejornal e será substituída por Patrícia Poeta. Na edição da próxima segunda, Fátima chamará Patrícia e passará o bastão para a colega. Na terça-feira, Patrícia Poeta assumirá efetivamente o lugar de Fátima. ?Você vai receber um público extremamente carinhoso?, disse Fátima à Patrícia, que respondeu: ?É uma honra saber que vou sentar na cadeira que foi ocupada por 14 anos pela jornalista mais querida do Brasil?.

Já no "Fantástico", Patrícia ainda apresentará a revista eletrônica por mais dois domingos. No dia 11, ela dará o lugar para Ceribelli, que assumirá de vez a apresentação do dominical. ?Colocaram para mim o desafio de apresentar um dos melhores programas da TV brasileira. Estou muito feliz e pronta para encarar esse desafio?, disse Renata sobre o ?Fantástico?.











RETROSPECTIVA

A jornalista Fátima Bernardes, de 49 anos, estava na bancada do Jornal ?Nacional? --do qual também era editora-executiva -- desde 1998, ao lado do marido, o editor-chefe do programa, William Bonner. O casal assumiu a apresentação conjunta do jornal depois que Cid Moreira, Hilton Gomes, Sérgio Chapelin, Celso Freitas e Lilian Witte Fibe passaram pela bancada desde a estreia em 1969.

Fátima trabalhou primeiro como repórter do jornal carioca ?O Globo? e então entrou na Rede Globo em 1987, após passar em um curso de telejornalismo da emissora. Seu primeiro trabalho no ar foi no extinto ?RJTV 3ª edição?. Depois, a jornalista entrou no ?Jornal da Globo? em 1989, no ?Fantástico? em 1993 e no ?Jornal Hoje? em 1996, antes de ficar no ?Jornal Nacional? por 14 anos ao lado do marido.

O casal é pai dos trigêmeos Vinícius, Beatriz e Laura, nascidos em 1997. Durante o trabalho no ?Jornal Nacional?, Fátima destacou-se na Copa de 2002, ano em que o Brasil foi pentacampeão. A jornalista foi eleita a ?musa da seleção? pelos próprios jogadores.

Fonte: G1