Fernanda Young faz "mea culpa" após criticar ensaio nu de Priscila Pires

Com o ensaio, a escritora quer mostrar que "há beleza, há viço" numa mulher de 40 anos

Fernanda Young, próxima capa da "Playboy", fez um mea culpa após criticar o ensaio que Priscila Pires fez nua, encarnando uma atriz pornô. Na época, ela disse à revista "Quem" que não era necessário ter tanta "bunda e ser ex-BBB" para posar pelada.

"Acho que eu fui indelicada, mas não gosto dessa estética. Não quero ser representada por uma mulher que não me atrai", disse. "Eu vi a revista (da Priscila) e não gostei mesmo. Mas vi de uma outra ex-BBB que gostei, achei melhor", falou, comparando Priscila a, provavelmente, Francine ou Josy.

Com o ensaio, a escritora quer mostrar que "há beleza, há viço" numa mulher de 40 anos e para isso não quer pasteurizar suas fotos com o photoshop. "Eles vão tirar as cicatrizes da plástica que fiz nos seios em 2000 e as estrias da gestação, porque engordei 30 quilos na época. Não quero que mude minha pele, nem o shape. Não queria que ficasse uma coisa asséptica, mas das minhas estrias eu não gosto."

O dinheiro, geralmente a grande mola propulsora dos ensaios sexy, não foi o fator decisivo no nu de Fernanda. "Cachê não foi o motivo, mas eu acho louvável qualquer dinheiro, preciso pagar contas", disse. Young também quer fugir de outro "clichê" de mulheres que tiram a roupa, o tal do nu artístico. "Não quero fazer um ensaio artístico, não tem essa. É sensual, é erótico. Tem arte, é claro, porque eu procuro empreender arte em tudo que eu faço, mas não é artístico."

Uma das inspirações de Fernanda para o ensaio da "Playboy" foi Dita Von Teese, de quem ela viu a apresentação nesta quarta, 28, em São Paulo. "Comecei a gostar mais dela (Dita Von Teese) depois que eu fiz o ensaio (para a Playboy). Ela faz fotos excitantes sem ser vulgar. Então ela foi sim uma inspiração", contou, antes de ver o striptease da atriz burlesca.

Fonte: Ego, www.ego.com.br