Filha de cantor confessa sexo com seu pai em entrevista

Ela disse que o cantor a introduziu no mundo das drogas

Mackenzie Phillips, filha de John Phillips, líder da banda norte-americana "The Mamas & The Papas", confessou que manteve relações sexuais com seu pai, e que ele a introduziu no mundo das drogas, segundo a revista People.



Mackenzie, de 49 anos, antiga estrela adolescente da série "One day at a time", exibida de 1975 a 1984, e ex-viciada em drogas - presa em 2008 por posse de heroína e cocaína -, decidiu revelar o seu passado no livro "High on arrival? (sem tradução no Brasil), que chega nesta quarta-feira (23) nas livrarias dos Estados Unidos.

Em tom autobiográfico, Mackenzie relata sobre como seu pai, John , responsável por sucessos musicais dos anos 60 como "California dreamin"" e "Monday monday", abusou sexualmente dela quando ambos estavam sob a influência de drogas.

"Meu pai era um homem que não conhecia limites. Era cheio de amor e doente pelas drogas. Acordei uma noite após estar inconsciente pelas drogas e me surpreendi fazendo sexo com meu próprio pai", disse Mackenzie, que não sabe dizer quantas vezes isso se repetiu.

Mackenzie perdeu o controle de sua vida em 1980, quando foi despedida do programa de TV pelo vício e chegou a frequentar um Centro de Reabilitação junto com seu pai.

Durante esse período, o incesto era algo consentido. "Eu era um fragmento de pessoa e meu segredo me isolava?, escreveu ela no livro, no qual contou como seu pai propôs fugir para um país que aceitava tais práticas. "Talvez em Fiji", disse, em referência às palavras de seu pai, que ela afirma não odiar.

Mackenzie declarou que teve relações sexuais com seu pai na noite da véspera de seu casamento, quando ela tinha 19 anos e estava noiva de Jeff Sessler, que estava em turnê com os Rolling Stones em 1979.

A autora explicou ainda que foi seu pai que a apresentou ao mundo das drogas e foi quem injetou sua primeira dose de cocaína, segundo entrevista ao programa de Oprah Winfrey e que foi feita pelo site da revista US Weekly.

Mackenzie também indicou que em sua juventude, o vocalista dos Rolling Stones Mick Jagger tentou seduzi-la. John Phillips morreu em 2001, aos 65 anos, vítima de um ataque cardíaco em Los Angeles.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br