Filha de milionário da Mega-Sena processa viúva por herança

Filha de milionário da Mega-Sena processa viúva por herança

De acordo com o advogado Marcus Rangoni, Adriana foi citada na tarde de quarta-feira

A defesa de Renata Senna, filha do milionário da Mega-Sena Renné Senna, morto em 2007 em Rio Bonito (RJ), entrou com um processo de indignidade contra Adriana Almeida, viúva da vítima, que é acusada de ser a mandante do crime. Se a ação proposta à 2ª Vara de Rio Bonito comprovar a indignidade - de que ela tramou a morte da vítima -, Adriana perde os direitos do testamento, e a herança a que tem direito é transferida à filha.

De acordo com o advogado Marcus Rangoni, Adriana foi citada na tarde de quarta-feira, no Fórum de Arraial do Cabo, durante audiência em que é acusada de falsidade ideológica. "Nós tínhamos até quatro anos para dar entrada nesse processo, aguardamos toda a documentação incriminatória que foi reunida nesse tempo para ajuizarmos com o maior número de provas", disse.

Ainda segundo ele, a ação foi protocolada no dia 16 de dezembro do ano passado, e a citação de Adriana nesta quarta. "Mas a súmula do Superior Tribunal da Justiça garante que vale o momento do ajuizamento da ação, o que impossibilita o arquivamento do processo, como alega o advogado dela", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br