Filha de Solange Couto assume ser gay: ‘Foi um susto quando eu contei’

Morena conheceu Luiza na faculdade, em 2010, e elas estão juntas há quase três anos.

Sem ter nada a esconder, Morena Mariah, filha de Solange Couto, exibe no Facebook o status "casada com Luiza Camilo". Procuradas pela coluna, mãe e filha abriram seus corações e falaram do assunto pela primeira vez. "Quando contei para a minha mãe foi um susto. Chegamos a ficar um pouco magoada uma com a outra, porque ela achou que eu estava escondendo algo, mas não. Na verdade, eu não conseguia assumir nem para mim mesma", lembra Morena, de 22 anos, que pouco tempo antes namorava um rapaz.

Morena conheceu Luiza na faculdade, em 2010, e elas estão juntas há quase três anos. Hoje, as duas moram em Goiás. Questionada se desconfiava ser gay, Morena assume: "De alguma maneira eu sabia, mas enquanto não apareceu a Luiza, algo de ?concreto?, achava esquisito". Ela conta que se entregou logo à paixão. "Na primeira semana, já queria me casar", diz Morena, que estuda artes cênicas, está se iniciando na carreira de atriz e reforça a tradição da Retratos de revelar as filhas de famosas.

Solange Couto reconhece que levou um susto com a revelação de Morena. "Num primeiro momento foi complicado. Até porque no domingo ela namorava um rapaz, na segunda-feira ela conheceu a Luiza na faculdade e na quarta-feira ela me disse que estava apaixonada por uma pessoa especial. Apaixonada por uma menina. Eu travei, claro. Para qualquer pessoa é esquisito de imediato. Eu parei, olhei. E disse: ?Tá. Agora, me deixa digerir?. Óbvio que eu saí do chão", confessa a atriz, de 57 anos.

Mas Solange se refez rapidamente: ?Quinze dias depois eu já estava arrumando as malas dela e colocando no meu carro para levá-la para morar em Ipanema. Comprei roupa de cama, pratos, panelas e paguei o depósito do apartamento?. Casada com Jamerson Andrade, de 26 anos, com quem tem Benjamim, de 1 ano e 11 meses, a atriz diz que nunca desconfiou da opção sexual da filha.

?Não tenho o menor problema com isso. Ela sempre foi e será a minha filha e a Luiza é muito bem recebida na minha casa. Meus melhores amigos são gays desde sempre. E não tem essa história de que só é legal no quintal dos outros. Não teve esse papo de que não quero mais que seja a minha filha. Eu sou casada com um homem 30 anos mais jovem do que eu, fui mãe aos 54 anos e não tenho por que ter esses falsos moralismos?, conclui.





Fonte: Extra