Final feliz para Félix seria na cadeia com negão, diz Mateus Solano

Perguntado se ele acredita que o personagem poderia se redimir, o ator contou que isso depende do autor Walcyr Carrasco

Mateus Solano, 32, falou ao site de "Amor à Vida" (Globo) sobre a cena em que seu personagem, Félix, foi tirado do armário na frente de toda a família pela mulher, Edith (Bárbara Paz), no capítulo de ontem.

Perguntado se ele acredita que o personagem poderia se redimir, o ator contou que isso depende do autor Walcyr Carrasco, mas deu uma ideia do que gostaria de ver acontecendo.

"Eu cheguei até a cogitar que o Félix seria preso e que encontraria um negão na cadeia que faria ele feliz, ou coisa parecida", disse. "Mas não sei, vindo do Walcyr, tudo é possível."

"Eu diria que é muito maleável a cabeça do autor nesse sentido, de estar sempre pescando a reação do público", avaliou. "Sem dúvida, existe um gosto popular pelo Félix. Ele carrega a luta dos homossexuais reprimidos, que não conseguem se aceitar."

"Como diz a Paloma [Paolla Oliveira] na cena, o mais importante é você se aceitar primeiro", comparou. "E como o Félix é estandarte dessa luta, isso tem que ir para algum lugar positivo."

Sobre a cena, o ator disse ainda que ficou com dor de cabeça devido à intensidade que teve de passar.

"É uma catarse, é uma redenção de alguma parte do Félix", avaliou. "O Walcyr escreve bem demais para o Félix, principalmente nas questões gays, homossexuais."

Fonte: F5