"Fiz uma Playboy para meninos e meninas", revela Antonia Fontenelle

Segundo ela, o ensaio para a revista masculina era um projeto antigo

Convidada do Programa Amaury Jr., no ar pela Rede TV!, da próxima terça-feira (2), Antonia Fontenelle disse ao apresentador que seu ensaio para a Playboy de julho é para apaixonados da beleza feminina, não importa o gênero.

?Eu fiz uma Playboy para meninos e meninas?, disse a atriz, que até posou na posição ?quadradinho de oito?, na sessão com o J. R. Duran.

Segundo ela, o ensaio para a revista masculina era um projeto antigo, que tinha aval do marido Marcos Paulo, morto em novembro de 2012, contanto que fosse com o fotógrafo.

Ao comentar sobre o marido, Antonia não segurou o choro e contou sobre solidão e as brigas familiares que envolvem a herança do ex-diretor da TV Globo. ?Sei que ele está do meu lado sempre?, disse, revelando também que se lembra pouco dos momentos em que Marcos Paulo passou mal no apartamento do casal, até o velório e a missa de sétimo dia.

Sobre o testamento deixado por Marcos Paulo para Antonia ? contestado pelas filhas do diretor, Vanessa (com a modelo Tina Serina), Mariana (com a atriz Renata Sorrah) e Giulia (com a atriz Flávia Alessandra) -, a atriz conta que teve que entrar com um pedido na justiça para poder entrar no antigo apartamento e resgatar seus pertences. ?Quero viajar e não posso, não tenho passaporte, está tudo lá. Acho tudo isso muito desnecessário?, desabafou.

A produtora em que era sócia com o marido, Gralha, também está com os bens e valores bloqueados. Sequestrados, filme que desenvolvia na empresa, terá que ser refeito devido à decisão judicial. ?Vou recomeçar do zero esse projeto, já que todos os direitos são meus como pessoa física?, explicou.



Fonte: Terra