Flávia Alessandra diz que não há briga com Antônia Fontenelle e só quer privacidade

Flávia Alessandra diz que não há briga com Antônia Fontenelle e só quer privacidade

"Estou apenas respeitando a vontade de Marcos que era muito discreto", disse

Na noite de quarta-feira, Flávia Alessandra deu uma espécie de mini-coletiva e falou pela primeira vez sobre a briga judicial pela herança de Marcos Paulo, com quem foi casada e teve a filha Giulia. A atriz esteve no lançamento do livro "A Arquitetura do Sorriso", em São Paulo, e disse, em tom sério, que não há qualquer briga entre ela e Antônia Fontenelle, a última companheira do diretor.

"Não existe nenhuma briga. O que estamos fazendo é respeitando a vontade do Marcos. Ele deixou tudo escrito, tem um testamento e a gente só está respeitando isso. É uma coisa que tem que correr em sigilo, só entre a família e é isso que eu peço. Tenho muito respeito pelo pai da minha filha. Nós tivemos 11 anos de convívio e eu continuo tendo respeito por ele. O que a gente pode desejar é só respeitar ele agora e que tudo corra em paz, de forma sigilosa como tem que ser, porque é em família", afirmou a atriz.

Uma repórter questionou Flávia sobre as notas que foram publicadas na imprensa dando conta do imbróglio judicial formado pelas herdeiras contra a última mulher de Marcos Paulo. "É um assunto que está tomando uma dimensão que não deveria, indo por um caminho que está totalmente torto. Não quero ficar de fofoquinha ou qualquer coisa. Vim aqui para dizer que eu respeito o pai da minha filha. Acho que ele iria desejar privacidade, como desejou a vida inteira. Ele era uma pessoa discretíssima. Ninguém nunca sabia da vida do Marcos, e é isso que eu quero manter, prometer ao pai da minha filha toda essa discrição que ele tanto pregou na vida", desconversou.

Flávia Alessandra trocou a fechadura do apartamento de Marcos Paulo três dias após ele ser cremado sem ao menos esperar uma autorização da Justiça.

Fonte: O Dia Online