Fundador da Playboy entra com pedido de divórcio aos 83 anos

Hugh Hefner já não morava junto da mulher há 11 anos e agora quer a separação definitiva

 O fundador da revista "Playboy", Hugh Hefner, que convive na mansão Playboy cercado de mulheres jovens e pouco vestidas que mudam constantemente, deu entrada num pedido de divórcio de sua esposa. Ele já vive separado dela, e muitas pessoas se esquecem de que ele algum dia foi casado.

Hefner, de 83 anos, entregou documentos a um tribunal na semana passada com o pedido de encerrar seu casamento com a ex-garota da Playboy Kimberley Conrad, de 47 anos, citando diferenças irreconciliáveis entre eles. Segundo os documentos, aos quais o site de celebridades "TMZ.com" teve acesso na quarta-feira, Conrad e Hefner se casaram em julho de 1989 e estão separados desde janeiro de 1998. Eles têm dois filhos. Desde a separação, Conrad e os garotos vivem na casa ao lado da famosa Mansão Playboy em Los Angeles, onde Hefner viveu com várias namoradas e estrelas durante as filmagens do reality show para a TV "The Girls Next Door".

"Fico feliz por estar fora do casamento. Só continuei casado (com Conrad) pelo bem dos meninos, a pedido dela", disse Hefner ao "TMZ" em entrevista por telefone na quarta-feira. A decisão de Hefner de pedir o divórcio acontece depois de uma medida tomada no tribunal em agosto por Conrad, que moveu uma ação contra o fundador da Playboy relacionada à venda de uma casa que possuíam juntos, pedindo US$ 5 milhões. Hefner disse que não deve nada a Conrad, acrescentando que foi "generoso ao extremo" com ela.

Os documentos aos quais o "TMZ" teve acesso proporcionam uma visão do estilo de vida de Hugh Hefner, que no início do ano instalou duas gêmeas de 19 anos em sua casa, como suas namoradas, ao término da quinta temporada de "The Girls Next Door." De acordo com os documentos, Hefner possui bens no valor de mais de US$ 43 milhões, sem contar as ações e bens da Playboy, e gasta US$ 43 mil por mês com alimentação e entretenimento. Ele pediu que a pensão alimentícia de Conrad seja fixada em US$ 20 mil mensais e disse que desde a separação deles, 11 anos atrás, já deu quase US$ 12 milhões a sua mulher.

Hefner começou a publicar a revista "Playboy" em 1953. Os lucros do grupo de entretenimento adulto Playboy Enterprises, que inclui redes de TV e contratos de licenciamento de orelhas de coelhinhas cor-de-rosa, diminuíram nos últimos anos devido à concorrência de materiais adultos gratuitos na Internet e uma queda na receita publicitária. Em junho, a Playboy Enterprises escolheu um novo executivo-chefe para tomar o lugar de Christie, filha de Hugh Hefner, que deixou o cargo após duas décadas. Hugh Hefner continua como editor chefe da revista "Playboy" e conserva o controle geral sobre a empresa.

Fonte: Abril, www.abril.com.br