Após separação, Bruno Gagliasso está disposto a assumir filho de Carol Francischini

Após separação, Bruno Gagliasso está disposto a assumir filho de Carol Francischini

Apesar dos rumores, o amigo do ator garante que ele ainda não se submeteu ao teste de DNA

Bruno Gagliasso vai assumir o filho da modelo Carol Francischini caso seja confirmado que ele é mesmo o pai do bebê, segundo uma fonte próxima ao ator. Apesar dos rumores, o amigo do ator garante que ele ainda não se submeteu ao teste de DNA: "Isso é uma viagem. O médico não autorizou o exame porque há risco de aborto nesta fase da gestação (a modelo está com cerca de cinco meses de gravidez)". Mas, de acordo com a mesma fonte, Gagliasso teria se comprometido a fazer o exame assim que o bebê nascer. "Sim, ele vai fazer e, independentemente do resultado, Bruno está sensível à situação desta criança, diante da proporção que tomou o caso", afirmou.

O amigo de Gagliasso também ratificou a informação da assessoria do ator, que informou que Bruno não vai viajar para encontrar a modelo nos Estados Unidos. "Ele tem um compromisso no exterior, mas não é com ela e nem sei mais se ele vai viajar", contou.

Os rumores de que Bruno Gagliasso pode ser o pai do filho que a modelo espera aumentaram depois de confirmada de sua separação na última segunda-feira, 18. Bruno era casado há 2 anos e três meses com a atriz Giovanna Ewbank. Apesar disso e ao mesmo tempo, também cresceram as especulações sobre outros possíveis pais: um empresário, um playboy e um lutador.

Fonte: EGO