"Ganhar extra", afirma ex-paquita sobre virar modelo plus size

"Ganhar extra", afirma ex-paquita sobre virar modelo plus size

Ela ficou conhecida nos anos 80, no "Xou da Xuxa", como Pituxita Bonequinha

Conhecida nos anos 80, no "Xou da Xuxa", como Pituxita Bonequinha, a ex-paquita Ana Paula Almeida, 37 anos, estreia como modelo plus size no próximo dia 28 no evento Plus Size Verão 2015, em São Paulo. Ana, que está com 1,71m e 83 quilos, falou que foi convidada para desfilar de maiô e que está feliz com a oportunidade:

"Já tinha recebido o convite antes, mas na época estava enrolada e não pude aceitar. Sou modelo profissional. Vai ser a primeira vez que desfilo mais cheinha. É uma forma de ganhar um extra estando fora de forma", diz ela, que atualmente trabalha como secretária em um consultório de cirurgia plástica.

"Tenho curvas, não tenho barriga, nem celulite. Vai ser legal, as pessoas me conhecem pelo meu jeito verdadeiro. Estou feliz com o meu corpo, minhas taxas são ótimas, só não quero prejudicar a minha saúde".

Mãe de um menino de oito anos, Ana Paula atribui o ganho de peso a problemas na tireóide e emocionais, já que há um ano e meio trava uma briga na Justiça com o ex-marido pelo pagamento de pensão ao filho.

"O valor já foi estipulado mas ele não cumpre e nem foi preso".

Por conta da briga judicial, a ex-paquita teve que negar um convite para participar do reality show da Record "A Fazenda".

"Na época estava em processo de separação e não podia deixar meu filho sozinho por três meses. Acho que qualquer paquita que entre lá surpreenderá pela disciplina. Se a Cátia Pagonote (Miúcha) fizer vai chamar a atenção mais ainda, pois ela não tem papas na língua".

Internada no ano passado para tratar uma bactéria nos rins, Ana Paula ainda está em tratamento contra a doença. "A bactéria é oportunista, ela vai e volta. Todo dia tomo antibiótico à noite, não posso comer sal. É um problema hereditário, minha mãe morreu com problema nos rins, por isso tenho que me cuidar".

Sem saudades de ser paquita

Coroada paquita em 1988, apesar das recordações, ela afirma que não sente falta desta fase: "Saudades de ser paquita não tenho mais. Se voltasse para a TV, tenho vontade de apresentar, ser repórter, pois sou boa no improviso. Mas ser dançarina de programa infantil ou Faustão, não".

Das lembranças do programa infantil ficaram as amizades com Letícia Spiller, Cátia Paganote, Roberta Cipriani, Priscilla Couto e Xuxa: "A gente não se fala todos os dias mas se encontra em eventos e aniversários dos filhos. Com a Xuxa também tenho contato, fui até no hospital visitar a mãe dela".

A ex-paquita também relembra que a diretora Marlene Mattos era bem exigente com as loiras, que tinham que se manter em forma: "Naquela época não tinha muito problema, eu era muito disciplinada mas quando alguém engordava, rolava até suspensão e não podia participar de alguns programas".

Fonte: UOL