Mesmo com câncer, Gianecchini estará em remake de novela

Mesmo com câncer, Gianecchini estará em remake de novela

Reynaldo Gianecchini está escalado para a obra, apesar de ainda se recuperar do tratamento contra um câncer.

Silvio de Abreu, o autor da primeira versão de Guerra dos Sexos, da Globo, está em ritmo acelerado para preparar os capítulos do remake de sua própria novela. O autor, que já escalou alguns atores para fazer papéis na trama que deve estrear em setembro de 2012, disse que Reynaldo Gianecchini está escalado para sua obra, apesar de ainda se recuperar do tratamento contra um câncer.

Com a parceria firmada desde Belíssima (2005) entre os dois, Silvio nem mesmo cogita a possibilidade de escalar outro ator para o lugar de Giane e garante que ele estará recuperado até lá.

"Estou reescrevendo ainda e não tem nada certo e ainda estamos trabalhando. Não pensei em nenhum substituto para o Giane. Ele vai ficar bom... Vai sem dúvida nenhuma! Ele é forte e a gente tem pensamento positivo, então ele vai ficar ótimo. Ainda vai fazer muito sucesso na novela", disse.

O autor também afirmou que sempre está em contato com o ator e garantiu que ele está ótimo.

"Ele é uma pessoa muito positiva, está indo bem e vai ficar ótimo. Ele tem uma cabeça ótima, excepcional! Além de ser muito bom ator e as pessoas vão ter que parar de falar, um dia, que ele é canastrão porque não é! Graças a Deus que eu contribuí com isso um dia!", enfatizou.

Sobre Guerra dos Sexos, ele informou que está reescrevendo, pois muita coisa mudou com relação aos tipos de relacionamentos.

"A mulher hoje é muito diferente do que há 30 anos, elas hoje estão mandando, a gente não manda mais nada... Estamos por baixo... O Tony Ramos, Irene Ravache, Edson Celulari e Claudia Raia vão fazer e estão armando o restante do elenco. O Gianecchini vai fazer Nando, o motorista, que foi o Mário Gomes. Ele namora a Roberta e a Juliana. Essas duas, eu ainda não sei quem farão. A Claudia, se não fizer a Roberta, fará outra personagem porque depende da armação das famílias".

Silvio explica que a princípio quis que Gianecchini fizesse o mesmo personagem que Tarcísio Meira fez na primeira versão - Felipe Barreto - mas a idade não condizia com o papel.

"O Giane tem 38 anos então não pode ter uma filha de 30. Então vai fazer o personagem do Mário Gomes, que é mais jovem, e o Edson Celulari que era o personagem do Tarcísio. O Edson tem 52, então dá certo".

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br