"Gordos e barrigudos não têm vez comigo", diz panicat Thaís

"Gordos e barrigudos não têm vez comigo", diz panicat Thaís

Fã de malhação, ela mostra corpão no Paparazzo e diz que parceiro tem que seguir seu pique. "Se está acima do peso, tem que entrar no ritmo e sofrer".

Gordinhos e barrigudinhos não têm chances de conquistar o coração da panicat Thaís Bianca, de 24 anos. A sarada de cabelos pink posou para o Paparazzo e comentou que gosta de homens que têm o mesmo estilo de vida que o seu.

"Gosto de homens sarados. Gordinhos e barrigudos não têm vez comigo. Mas não é pela estética, e sim pelo estilo de vida. Se está acima do peso, tem que entrar no ritmo e sofrer. Eu gosto de malhar, correr no parque, comer coisas saudáveis. Não ia dar certo ter uma pessoa ao meu lado que não gosta dessas coisas. O cara que tem o abdômen definido com certeza tem um ritmo de vida legal", contou ela, que namora há quase um ano o paulista Douglas D" Amore. Ela e o namorado tatuaram a frase "No pain, no gain" (tradução: Sem sofrimento, sem ganho), no mesmo local do corpo, que simboliza a paixão dos dois pela malhação.

Thaís está satisfeita com seu tipo físico, mas confessa que já usou anabolizantes para "crescer": "Eu me acho gostosa. Gosto do meu corpo. Acho feios os corpos das modelos magrinhas de passarela, por exemplo. Gosto de volume. Meu biotipo é magro, mas sou definida. Confesso que já tomei anabolizantes há dois anos. Isso porque sempre fui magra, aí tomei para ganhar um pouco mais de corpo. Agora não uso mais. Mas a minha voz grossa não é por causa de bomba, eu sempre tive. É porque tenho um caroço nas cordas vocais".

A assistente de palco do programa "Pânico" revelou também que já ficou com alguns famosos, em sua época de solteira, entre eles, alguns ex-BBBs: "Não fiquei com nenhum jogador de futebol, mas tem alguns famosos que já me deram ideia sim. Também já fiquei com alguns ex-BBBs. Atualmente, não recebo muitas cantadas porque sabem que eu namoro".

O ensaio de Thaís Bianca no Paparazzo vai ao ar neste sábado, 23.

Fonte: EGO