Homem é preso acusado de tentar caçar Bin Laden

Homem é preso acusado de tentar caçar Bin Laden

Ele disse querer vingança por conta dos prejuízos pós-11 de Setembro

A polícia do Paquistão anunciou na terça-feira a prisão de um norte-americano que aparentemente tentava se infiltrar no Afeganistão para caçar Osama bin Laden, armado com adaga, pistola e óculos de visão noturna.

O californiano Gary Faulkner, 40, foi detido no vale do Brumboret, perto da fronteira, e estava sendo interrogado, segundo o chefe de polícia da localidade de Chitral, Jaffer Khan.

"Ele estava vagando numa zona de segurança de forma suspeita. Tinha consigo uma adaga e óculos de visão noturna. Ele está sendo investigado", disse Khan.

O investigador policial Mumtaz Ahmed afirmou que Faulkner portava também uma pistola e que estava decidido a capturar e matar Bin Laden por causa dos prejuízos pessoais que sofrera com os atentados de 11 de setembro de 2001, cometidos pela rede al-Qaeda, criada pelo militante de origem saudita.

Uma fonte de inteligência em Chitral disse, sob anonimato, que Faulkner resistiu à prisão. "Não se aproximem de mim, ou eu atiro!", teria dito ao ser abordado.

O suspeito chegou a Chitral em 3 de junho e estava hospedado num hotel local, disse Ahmed. "Ele diz que é paciente renal. Ele também porta remédios para os rins e para tratamento de pressão sanguínea."

A embaixada dos EUA em Islamabad disse que o consulado do país em Peshawar foi informado da detenção de um cidadão norte-americano, e que os funcionários diplomáticos estão tentando ter acesso a ele.

O jornal paquistanês Dawn afirmou na edição de terça-feira que Faulkner confessou à polícia a intenção de "decapitar Osama bin Laden".

Fonte: g1, www.g1.com.br