Homem que amputou 2 braços testa prótese

Sistema conecta nervos residuais ao cérebro e restaura movimentos

O austríaco Christian Kandlbauer, de 22 anos de idade, testa protótipos de braços artificiais de última geração nesta terça-feira (6) em Viena. Ele perdeu os dois membros em um acidente em 2005.

As próteses são baseadas em um sistema chamado ?targeted muscle reinnervation? (TMR), que conecta nervos residuais (que não foram destruídos pelo acidente ou removidos na amputação) ao equipamento, composto por sete articulações.

Assegurando o controle de funções pelos impulsos cerebrais, o paciente pode completar movimentos similares ao do braço amputado.



Fonte: g1, www.g1.com.br