Humorístico TV Pirata volta a ser exibido na televisão brasileira

Humorístico TV Pirata volta a ser exibido na televisão brasileira

Programa é considerado um dos mais anárquicos da televisão nacional

O "TV pirata", uma das comédias mais famosas da TV brasileira, voltará ao ar a partir de 1º de janeiro no Canal Viva. O programa de esquetes, que ajudou a consolidar a carreira humorística de atores como Luiz Fernando Guimarães, Regina Casé, Pedro Cardoso e Débora Bloch foi transmitido na TV Globo entre 1988 e 1990, retornando depois como uma atração semanal em 1992.

"TV pirata" será exibido todos os sábados à 0h, com reprise no sábado seguinte, sempre às 16h. O programa irá substituir "Dicas de um sedutor" dentro da grade do canal fechado, criado neste ano pela Globosat e que fez sucesso principalmente com as reprises de "Sai de baixo" e das novelas "Quatro por quatro" e "Vale tudo".

Com influências do americano "Saturday night live" e do britânico "Monty Python flying circus", "TV pirata" tinha uma série de esquetes e quadros fixos. Dentre os personagens mais marcantes da atração estão o velho Barbosa, interpretado por Ney Latorraca, Tonhão (Claudia Raia) e Zeca Bordoada (Guilherme Karan), o apresentador do politicamente incorreto "TV macho".

Na equipe de roteiristas do programa estavam os cartunistas Laerte e Glauco, o escritor Luís Fernando Veríssimo e o os integrantes dos grupos Planeta Diário e da Casseta Popular, que viriam a se tornar depois o Casseta e Planeta.

Em 2004, o Multishow também chegou a reprisar o "TV pirata".

Fonte: g1, www.g1.com.br