Ator James Garner morreu de ataque cardíaco fulminante, assegura site

De acordo com o "TMZ", a informação está no atestado de óbito do ator, que foi encontrado morto no último 19 de julho.

Um ataque cardíaco fulminante matou o ator James Garner.


James Garner morreu de ataque cardíaco fulminante, diz site

De acordo com a certidão de óbito - obtido pelo site "TMZ" - Garner morreu de infarto agudo do miocárdio. O ator de "Maverick" e "Arquivo Confidencial", foi encontrado morto no último dia 19 de julho em sua casa em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos.

O atestado de óbito ainda diz que Garner sofria de doença arterial coronariana. Garner tinha sofrido um derrame em maio de 2008, poucas semanas depois de seu 80º aniversário.

Garner foi um dos primeiros atores a conquistar sucesso maciço na televisão e no cinema.

Ele foi o astro de uma longa lista de clássicos e também co-estrelou a versão de 1994 para o longa "Maverick" ao lado de Mel Gibson. Garner foi o Bret Maverick original entre 1957 e 1960, assim como em um remake em 1980. Garner também deu vida ao personagem de Ryan Gosling em uma fase mais velha em "Diário de uma paixão". Problemas de saúde o afastaram do trabalho e da mídia.

Garner era casado desde 1957 com a atriz de TV TV Lois Clarke, com quem tinha uma filha, Gretta Scott. No final dos anos 1990, os Garners construiram uma casa de 12 mil metros quadrados em uma fazenda de 400 hectares ao norte de Santa Bárbara, na Califórnia, Estados Unidos, onde viviam.

Fonte: EGO