Jesus Luz desmente fim de namoro e fala sobre ele e Madonna

Jesus Luz desmente fim de namoro e fala sobre ele e Madonna

Em Tarrytown, New York, o modelo e DJ carioca diz que construiu uma nova família

Ao arrebatar o coração da diva pop Madonna (52) em dezembro de 2008, estampar capas de grandes revistas pelo mundo, estrelar campanhas de moda internacionais, como a da grife italiana Dolce & Gabbana, e comandar as carrapetas de importantes eventos de música eletrônica, Jesus Luz (23) assume ter ficado deslumbrado. "Era atenção demais voltada para mim, pessoas me tratando de forma diferente... Isso pode fazer você surtar e despertar um lado egocêntrico. Tive momentos de olhar no espelho e me achar "O" máximo", relembra. No entanto, ele garante que a fase narcisista não durou muito. "Ninguém é melhor do que ninguém. E mais importante do que o que temos é, certamente, quem está ao nosso lado. Com esse pensamento fiquei em paz de novo", refletiu, durante estada no Castelo de CARAS em Tarrytown, New York.

Desde então, a lista de realizações do modelo e DJ só tem aumentado. Recentemente, embarcou para Madri, onde filmou participação no longa-metragem Not Alone, do diretor Alejandro Uboli. No início de fevereiro, vai comemorar o lançamento de seu primeiro CD, From Light, durante uma badalada festa em São Paulo.

Mesmo viajando constantemente, é em Manhattan, onde mora Madonna, que tem passado a maior parte do tempo. "Aqui construí minha nova família", diz ele, referindo-se à cantora e aos filhos dela, Lourdes Maria (14), a quem chama carinhosamente de Lola, Rocco (10), Mercy James (5) e David Banda (4). "Todos nos damos muito bem", garante. E apesar dos rumores de que teria terminado com a estrela, Jesus afirma que nada mudou entre eles. Em uma entrevista exclusiva para CARAS, ele fala sobre o relacionamento, traição e a rotina a dois.

- Como é se ver envolvido com uma popstar internacional?

- Sempre consegui desvincular a mulher do mito. Desde que a conheci foi assim. Não fiquei abobalhado, olhando para ela estagnado e sem palavras. É claro que já a admirava, mas nem por isso mudei meu jeito de agir. Consigo enxergá-la como minha namorada, sem o rótulo de estrela. Ela é uma pessoa como qualquer outra.

Antes de namorá-la, já tinha se relacionado com alguém com diferença de idade tão grande?

- Já, mais de duas vezes. Até porque sempre me dei muito bem com as minhas tias. Então, quando eu saía com elas, acabava me interessando pelas suas amigas.

- Prefere as mais velhas?

- Isso é difícil dizer. Já namorei uma garota da minha idade que era muito madura e me passou uma experiência de vida enorme. Ao mesmo tempo, fiquei com mulheres mais velhas que se comportaram terrivelmente comigo. Não quero me fazer de vítima, mas não era exatamente a minha expectativa em relação a alguém com uma bagagem maior que a minha. Afinal, a tendência é você esperar uma atitude errada, como uma traição, de alguém mais nova. A inconsequência é típica da juventude. Pelo menos, eu penso assim. Mas, claro, isso não é uma regra. Posso estar enganado.

- Você participa da educação dos filhos de Madonna?

- Jamais. Até porque a família já estava formada quando cheguei. Então, não me intrometi em nada. Nem tenho esse direito. É outro universo, uma cultura diferente da nossa na forma de educar e estipular limites. Por isso, nunca impus minhas ideias em uma criação que ela já conduzia tão bem.

- Como trata sua namorada?

- Costumo ser bem romântico. Ao lado dela, mudo muito o meu jeito. Normalmente, sou elétrico, agitado, hiperativo. Quando estou apaixonado, me transformo. Fico mais calmo e menos ansioso.

- Prefere esse lado tranquilo?

- Em alguns momentos, acabo sentindo falta da minha histeria. Mas a agitação aparece novamente quando estou no estúdio, ouvindo e criando novas músicas eletrônicas. Noto que tenho sido duas pessoas ultimamente. No trabalho, sou pilhado, cheio de energia e tenho o fervor que a profissão de DJ exige. Já quando volto para casa, desacelero. Aí fico igual a uma maria-mole, todo doce...(risos)

- Qual o momento mais especial que você se lembra de ter passado ao lado de Madonna?

- Todos aqueles em que estivemos juntos no Brasil. Minha maior satisfação é quando ela vai ao País e realiza seus projetos sociais no Rio. É um prazer enorme tê-la na minha cidade. Esses, definitivamente, são os momentos em que me senti mais feliz.

Fonte: Terra, www.terra.com.br