Jim Carrey vai ter que pagar US$25 milhões à ex-namorada

Apesar de não ser casado, ator tem acordo financeiro com Jenny McCarthy



Nem tudo é tristeza com o fim do namoro de cinco anos de Jenny McCarthy e Jim Carrey.

Percebendo que o ator nunca se casaria com ela, Jenny foi esperta e tratou logo de firmar um acordo financeiro que a resguardasse caso o romance dos dois terminasse. Segundo a revista ?Star Magazine?, ela exigiu uma garantia do namorado alegando que era mãe solteira de uma criança deficiente mental, Evan, hoje com sete anos. Ficou então combinado entre os dois que ela receberia US$5 milhões por cada ano de união. De acordo com uma fonte da publicação, Jim só topou liberar o dinheiro se ela concordasse em nunca revelar publicamente detalhes da personalidade do ator.

"Ele costuma se trancar num quarto com uma estátua de Buda e rezar obsessivamente durante horas. Às vezes, tratava Jenny como uma escrava, exigindo que ela fosse lá levar bebidas ou que abaixasse o volume da música. Era embaraçoso observar", disse a fonte.

Fonte: EGO