Jorge fere o irmão gêmeo Miguel por ciúmes de Luciana

Jorge fere o irmão gêmeo Miguel por ciúmes de Luciana

O médico se assusta e Jorge o imprensa contra a parede, dizendo que quer vê-lo longe de Luciana

Nos próximos capítulos de "Viver a vida", Miguel (Mateus Solano) passa pelo quarto de Jorge (Mateus Solano) e o arquiteto puxa o irmão para dentro. O médico se assusta e Jorge o imprensa contra a parede, dizendo que quer vê-lo longe de Luciana (Alinne Moraes):

MIGUEL ? Calma aí, cara, que é que deu em você?

JORGE ? Não de faça de idiota! que você sabe muito bem do que eu estou falando!

MIGUEL ? Me larga! Que foi? Bebeu outra vez?

JORGE ? Cheguei no meu limite!

MIGUEL ? Que limite, cara? O que é que você está falando?

JORGE ? A Luciana! Quero você longe dela. Chega pra mim, entende?!

MIGUEL ? Que aconteceu, Jorge?

JORGE ? Você passou da conta. Tô vendo isso há muito tempo. Todo mundo está vendo. E agora eu resolvi que isso vai acabar.

MIGUEL ? Tá enciumado, Jorge? É isso? Tá pensando, por acaso...

JORGE ? Não tô pensando, tô sabendo!

MIGUEL ? Sabendo o quê?

JORGE ? Que você está se aproveitando da situação dela.

MIGUEL ? Tá maluco? Ela é minha paciente!

JORGE ? Não vai ser mais!

MIGUEL ? O quê?

JORGE ? Não vai ser mais. Vou falar com o dr. Moretti. Quero você longe da Luciana!.

MIGUEL ? Deixa de ser ridículo!

JORGE ? Você não perde por esperar!

MIGUEL ? Ô Jorge, vê se me larga e me esquece, que eu tenho que sair e não posso perder tempo com você.

Miguel não consegue desvencilhar-se de Jorge, perde a paciência e dá um safanão no irmão, jogando-o no chão.

MIGUEL ? Falei pra me largar!

JORGE ? Eu te mato, Miguel!

Jorge se levanta e agarra o irmão. Os dois lutam pra valer.

MIGUEL ? Se você falar alguma coisa com o dr. Moretti, me expondo e, principalmente, expondo a Lu, eu é que vou te matar, pra você deixar de ser cretino e ridículo! Ouviu bem o que eu te disse?

Jorge tateia a mesa até segurar uma espátula. Consegue empurrar Miguel e vai com tudo pra cima dele. Os dois lutam um tempo até que Jorge golpeia Miguel, ferindo sua mão. Ele sente o golpe, grita e torce a mão do irmão, fazendo a espátula cair. Eles voltam a rolar no chão, derrubam coisas, fazem barulho. E Ingrid abre a porta, assustando-se com o que vê.

INGRID ? Vocês enlouqueceram? Leandro, Leandro! Corre aqui!

Ela se enfia entre os dois filhos, acaba caindo também e Leandro entra, aumentando a confusão. Até que, com muito esforço, pai e mãe conseguem separá-los. Mas a agressão verbal continua.

MIGUEL ? Olha o que você fez na minha mão!

JORGE ? É pouco! Queria te matar!

INGRID ? Ai, meu Deus, quem vai morrer sou eu!

LEANDRO ? Parem com isso!

MIGUEL ? Você está muito doente, precisa se tratar! Ciúme assassino!

JORGE ? Vou acabar com você, Miguel. Acabar com a porcaria de médico que você é.

LEANDRO ? Calem a boca!

INGRID ? Pelo amor de Deus, acabem com essa briga. O que é que deu em vocês? Enrola alguma coisa nessa mão, Miguel!

Miguel aperta a mão, que está sangrando, com um pano qualquer.

MIGUEL ? Ele está morrendo de ciúmes da Luciana comigo. É um cretino.

JORGE ? Cretino é você. E eu vou te processar!

MIGUEL ? Ah, me processar? Cretino e ridículo!

JORGE ? Vou te denunciar no Conselho Regional de Medicina. Por assédio a uma paciente, aproveitando-se da sua condição de médico.

LEANDRO ? Você está maluco, Jorge.

INGRID ? Nunca pensei que fosse ver uma cena dessas!

MIGUEL ? Não sabe o que está falando, imbecil. Pensa que está me atingindo, mas é a Lu que você está querendo magoar e fazer sofrer.

JORGE ? Você vai ver quanto vai custar o seu atrevimento!

MIGUEL ? Tenho uma cirurgia agora. Como é que eu vou fazer?

JORGE ? É muito simples: não vai fazer! E assim enterra de vez suas pretensão de grande médico! Vou te denunciar publicamente, sujar o seu nome, cassar seu registro profissional!

Ingrid dá uma bofetada na cara de Jorge. Ele recua, surpreso.

INGRID ? Prefiro te ver morto do que ameaçando seu irmão dessa maneira.

JORGE ? Não tem que estar contra mim, mas contra ele!

LEANDRO ? Cala a boca, Jorge. Já falou demais. E falou besteira. Cala a boca!

MIGUEL ? Eu tenho que ir pro hospital cuidar desse ferimento e ver se consigo alguém pra operar no meu lugar.

LEANDRO ? Eu vou levar você.

MIGUEL ? Podia ter cortado um tendão, seu idiota!

JORGE ? Ah, não cortou? Que pena!

INGRID ? Não pensou nisso, não? Que ele podia estar com a carreira de médico liquidada?

JORGE ? A medicina não ia perder grande coisa!

Miguel, num gesto rápido, atinge Jorge com um tapão, que acaba pegando em Leandro também. A briga recomeça, com os quatro se envolvendo, Ingrid segurando Miguel e Leandro segurando Jorge. Mas os pais conseguem controlar a situação.

LEANDRO ? Vamos embora, Miguel. Tem que ver esse ferimento com urgência.

Miguel volta-se da porta para o irmão.

MIGUEL ? Tenho pena de você. Muita pena.

JORGE ? Cai fora, doutorzinho de merda!

Miguel ameaça voltar, mas Leandro carrega o filho para fora do quarto. E Ingrid agora chora, desamparada.

INGRID ? Não podia ter ferido o seu irmão.

JORGE ? Ele é que não podia fazer o que está fazendo! Você foi injusta comigo. Quem sabe até não está contente? Quem sabe toda essa guerra que você faz para me afastar da Luciana não é para favorecer o Miguel? Hein?

INGRID ? O que é que você está falando?

JORGE ? O que você ouviu. E não temos mais o que conversar.

Fonte: Extra, extra.globo.com