Jornalista pede demissão ao vivo e expõe fragilidade de TV

Jornalista pede demissão ao vivo e expõe fragilidade de TV

O jornalista Beringhs se meteu a brincar de democracia e convidou ambos candidados para o debate político

Cena rara na TV brasileira: o jornalista Paulo Beringhs da TBC- TV Brasil Central- vinculada ao governo de Goiás, se demite ao vivo, diante dos telespectadores e dos entrevistados.

O segundo turno para o governo de Goiás é disputa entre pesos-pesados: Marconi Perillo (PSDB) e Iris Rezende (PMDB), atualmente em empate técnico nas pesquisas. Ambos já ocuparam o governador do estado e cargos importantes na esfera local e nacional. Perillo hoje é senador, Resende, prefeito de Goiânia. Curiosamente, ambos medem forças através de um evento incomum: a comemoração de suas festas de aniversário, verdadeiras procissões de gente humilde até as fazendas dos dois políticos, com direto a show de gente famosa e mega churrascão (veja os videos abaixo, com a comilança 2010).

Na TV pública local, o jornalista Beringhs se meteu a brincar de democracia e convidou ambos candidados para o debate político. Acabou se chocando com a AGECOM- Agência Goiana de Comunicação- mantenedora da TV Brasil Central, que segundo o jornalista é ligada ao grupo de Iris Resende.

É um episódio que deveria nos estimular para discutir o conceito de TV pública no Brasil. Se não conseguimos transformar as dezenas, senão centenas de emissoras públicas que hoje estão em mãos de grupos políticos em verdadeiras emissoras públicas, vamos continuar assistindo a espetáculos patéticos como a demissão de Beringhs. Ou talvez pior, nem nos daremos conta porque é bastante raro um jornalistas com a coragem dele para expor isso na fuça dos telespectadores, que aliás são os contribuintes que pagam as contas da emissora.

Beringhs aprendeu a duras penas e nos mostrou diante das câmeras que em briga de elefante, quem se machuca é a grama.

PS: para entender melhor, o poder dos elefantes, veja abaixo os videos com a disputa entre Perillo e Resende para mostrar quem tem o maior poder na hora de apagar as velinhas do bolo de aniversário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br