Ex-panicat Juju Salimeni: "Não sou motivo de diversão para pessoas"

Juju Salimeni já teve sua imagem ligada a sacrifício de animais e prostituição. Leia a entrevista.

Com o nome "limpo na praça" depois que virou repórter do programa, "Legendários", da Record, Juju Salimeni já teve sua imagem ligada a sacrifício de animais e prostituição. Acusada pela ex-colega do "Pânico" Nicole Bahls, a legendária quer é paz com a participante de "A Fazenda". "Sei que vou cruzar com ela na Record, isso é passado e talvez a gente esqueça o que aconteceu. É isso que eu quero", disse ela na noite desta terça-feira, na Casa Cor São Paulo.

Cogitada para entrar no reality show da Record, para dar ibope ao lado de sua rival, Juju falou que não se submeteria ao papel de diversão e conflito aos olhos do público, mas que apesar de torcer para Viviane Araújo, que está na roça, acredita que Nicole possa vir a levar o prêmio de 2 milhões de reais na quinta edição.


Juju Salimeni diz:

Você foi cotada para entrar no lugar da Gretchen assim que ela deixou a "Fazenda". Aliás, não só você, por conta do atrito que tem com a Nicole Bahls, mas também a Gracyanne Barbosa, que é rival de Vivane Araújo.

Juju Salimeni: Eu acho que é uma besteira porque nenhuma das duas está interessada em viver de polêmica, de briga. Nem tentaram me colocar na Fazenda, foi uma história, foi criado. Esse não é o meu objetivo: entrar num programa pra discutir, pra ser motivo de diversão pra outras pessoas. Eu não sei o que acontece que toda vez que vai começar o meu nome está na lista. Eu já falei um milhão de vezes que eu não vou entrar na Fazenda. Eu não preciso, estou no "Legendários", com o meu quadro, feliz. Então não tem por que.

Caso você mudasse de ideia, entraria em qualquer outra edição?

Juju Salimeni: Eu não pretendo entrar em nenhuma. A gente nunca diz nunca, mas é uma coisa que eu não consigo. A questão nem é de quem está lá mas eu tenho uma rotina muito complicada de vida. Minha malhação, minha dieta... Eu não consigo ficar longe disso, sem o meu frango, a minha batata... Em um dia eu já ia estar louca e deixar todo mundo louco.

Quem é o seu preferido na "Fazenda"?

Juju Salimeni: Acompanhei mais no começo, mas a Vivi (Araújo) é minha preferida até mesmo porque nós duas somos da Mancha (Verde, escola de samba), somos colegas, todos estão torcendo por ela na escola. Torço pelo Felipe (Folgosi) também. São duas pessoas fortes.

Você não se surpreendeu ao ver Nicole entrando em confusões com vários peões? Inclusive com Viviane Araújo?

Juju Salimeni: Não me surpreendi. Ela deve ter tido os motivos dela. Desejo toda a sorte pra ela. Ela merece (ganhar) assim como todos os outros porque todos precisam (do dinheiro).

Você acha que a Nicole tem chances de ser a vencedora então?

Juju Salimeni: Se o público achar que tem que ser ela...Nunca desejei o mal pra ninguém, muito menos pra ela. Acho que ela tem que se dar muito bem, que é uma grande chance, ela está super perto de conseguir. Então, que Deus a ajude, né?

Algumas ex-participantes de "A Fazenda", como a Dani Bolina, a Joana Machado, a Geisy Arruda, saíram do reality e foram direto para alguns programas da casa. Pode ser que Nicole seja convidada. E se for para ser a nova contratada do "Legendários"? Você ficaria ou sairia?

Juju Salimeni: Não acho que exista essa possibilidade da gente trabalhar juntas não, mesmo porque o programa já tem bastante pessoas, o elenco é grande, já tem eu e a Joana (Machado) lá, que nos damos super bem. Tem outros programas e com certeza a gente vai se cruzar. Mas isso é passado. Todo mundo tem a sua fase de não se dar bem. Você pode ter outra chance, conversar e resolver. Botar uma pedra. Isso é estressante pra todo mundo, pros dois lados. Talvez quando ela sair a gente se encontre, se cumprimente, e esqueça de tudo. É isso que eu espero.

Então não está valendo mais aquela ação que você moveu contra a Nicole de que ela estava proibida de falar o seu nome ou se referir a você publicamente?

Juju Salimeni: Está sim. Vale pra que ela não dê entrevistas, fora ou dentro da Fazenda, me difamando mais como ela já fez muito. Agora encontrar com ela e conversar, não tem problema nenhum. Ela não pode falar publicamente sobre mim, nem pro bem, nem pro mal. Poderia ter tido uma maneira melhor de se resolver isso mas ela nunca parou, então eu tive que tomar essa atitude.

Fonte: ODIAONLINE