Justiça determina que Fontenelle não tem direito à herança de Marcos Paulo; atriz está decepcionada

Justiça determina que Fontenelle não tem direito à herança de Marcos Paulo; atriz está decepcionada

O advogado Carlos Sanseverino disse que Antônia está "triste e decepcionada".

A Justiça do Rio de Janeiro concluiu que a atriz Antônia Fontenelle não tem direito à herança deixada pelo marido, o diretor Marcos Paulo, falecido em novembro de 2012. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (9) pela juíza Maria Cristina de Brito Lima, da 1ª Vara de Família da Barra da Tijuca. Em conversa, o advogado Carlos Sanseverino disse que Antônia está "triste e decepcionada".

"Foi uma decisão equivocada que deixa de considerar a condição dela de companheira do Marcos durante os sete anos que eles ficaram juntos", opinou Sanseverino. A juíza Maria Cristina não reconheceu um adendo ao testamento que dividia a herança de Marcos entre as três filhas - Vanessa, Mariana e Giulia. No documento, Marcos manifestou por escrito o desejo de deixar para Antonia, com quem não era casado no papel, 60% de investimentos e um valor depositado em conta corrente.

"A juíza considerou a prova como frágil, no entanto o documento foi reconhecido tanto pelo pai do Marcos [Vicente Sesso] como pelo seu advogado [João Paulo Lins e Silva]. Vamos recorrer dessa decisão", garantiu.

Fontenelle usou seu perfil do Twitter para comentar a decisão. "A roleta da vida é sinistra, o jogo muda a cada minuto. Meus nervos são de aço, posso lhes garantir isso, meu jogo é limpo", escreveu.

Disputa desde novembro de 2012

Desde a morte de Marcos Paulo, em novembro de 2012, as herdeiras travam uma disputa judicial pela divisão da herança. O testamento de Marcos data de 2005 e é anterior ao relacionamento com Antonia. Nele, o ator e diretor divide todos os bens entre três herdeiras - Vanessa, do relacionamento com a modelo italiana Tina Serina, Mariana, que nasceu do casamento com Renata Sorrah, e Flávia Alessandra, que é tutora de Giulia, ainda menor de idade.

No entanto, depois de sete anos de relacionamento com Antônia, Marcos escreveu uma modificação ao testamento, deixando 60% de seu dinheiro, aplicações e investimentos, para a mulher, com quem não era casado no papel.

Fonte: UOL