Lana Del Rey fala a revista sobre suas letras sombrias: "Faço tudo para mim"

A cantora é a estrela de capa da "Rolling Stone" e responde sobre apresentação criticada na TV, entrevista polêmica e letras melancólicas.


Lana Del Rey fala a revista sobre suas letras sombrias:

Lana Del Rey é a estrela da capa da edição de agosto da revista norte-americana "Rolling Stone". A cantora posou para as lentes de Theo Wenner, fotógrafo e herdeiro da revista, em um novo ensaio fotográfico. Na entrevista, a cantora falou da crítica à sua apresentação no programa ?Saturday Night Live? e admitiu que houve alguns erros. ?Não foi muito dinâmico, mas foi verdadeiro. Alguns amigos se afastaram de mim depois daquilo. Todo mundo que eu conhecia já não tinha tanta certeza sobre mim. Eles diziam "talvez você não deva ser associada à ela??, comentou.

Ela também falou sobre suas letras sombrias. ?Eu não quero que as pessoas as ouçam?, respondeu Lana quando perguntada sobre o que esperava das pessoas ao ouvirem letras como ?ele me magoa, mas sinto que é amor verdadeiro? ? trecho de ?Ultraviolence?. ?Na verdade eu faço tudo para mim, de certa maneira. O que eu quero dizer é que cada coisinha desde a guitarra à bateria é apenas para mim. Sou egoísta?, explicou.

Na publicação, Lana Del Rey ainda brincou sobre a polêmica entrevista para o tabloide "The Guardian", na qual a cantora supostamente teria dito: ?Eu gostaria de já estar morta?. "Eu acho que a maioria das pessoas que conheço acham que quero me matar mesmo. Então, isso sempre acontece". No entanto, de acordo com outra declaração dada por ela à um site norueguês, o jornalista tirou o que foi dito do contexto e fez parecer mais chocante do que realmente é.

Fonte: EGO