Madonna deve ir a favela no Rio

Ainda nesta sexta, a cantora visitará o Morro Santa Marta, em Botafogo, na Zona Sul do Rio

A popstar Madonna deixou o hotel onde está hospedada, na Zona Sul do Rio, por volta das 15h desta sexta-feira (13), rumo a Santa Teresa, no Centro do Rio. Escoltada por batedores da Polícia Militar, ela chegou por volta das 15h45 na casa do empresário Olavo Monteiro de Carvalho.

Ainda nesta sexta, a cantora visitará o Morro Santa Marta, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. O governador Sérgio Cabral deverá participar da visita, que começará pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade.

Depois, Madonna deverá conhecer o projeto ?Ação Social pela Música do Brasil?. Ela assistirá a uma apresentação de alunos que estudam instrumentos de cordas e sopro e do grupo ?Street dance?. O projeto social é uma parceria entre o governo do estado, a obra social "Rio Solidário", a empresa Brascan Energética S/A, o Consulado da Alemanha e a Escola Corcovado.

Abertura dos Jogos

Na noite de quinta-feira (12), Madonna foi convidada pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, para participar da abertura dos Jogos Olímpicos de 2016. O convite foi feito durante durante jantar em que também participaram o governador do estado, Sérgio Cabral e o empresário Eike Batista, no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio.

Segundo o jornalista, Roberto D"Ávila, a cantora, que também já teria aceitado fazer um show na Praia de Copacabana no réveillon do próximo ano, adorou o convite e vai negociar a apresentação na cerimônia.

D"Ávila contou ainda que a cantora recebeu de Eike Batista uma doação em dinheiro, que será destinada à criação de um módulo carioca do projeto social que a cantora mantém na África. O jornalista não quis revelar valores, mas afirmou que a quantia, em dólares, chegou aos sete dígitos. D"Ávila revelou ainda que a popstar se emocionou muito e chegou a chorar com a doação.

"O projeto trata de formas de ensino para aumentar a autoestima das crianças pobres e dos pais destas crianças. Me pareceu algo realmente sério e muito bem estruturado. Ela disse ter um carinho muito grande pelo Brasil, que não há público melhor em nenhum outro lugar do mundo", disse o jornalista, que foi ao evento acompanhado da filha Lara.

Salmão e champanhe

A cantora chegou por volta das 21h20 à casa do empresário acompanhada de sua comitiva. Segundo Roberto D"Ávila, o jantar foi servido em uma única mesa e contou com a participação de 14 pessoas, entre eles o casal de apresentadores da TV Globo Angélica e Luciano Huck. O buffet foi preparado pelos restaurantes Sushi Leblon e Mr. Lam, este último de propriedade de Eike Batista.

"Madonna comeu salada, salmão poché e bebeu champanhe. Desta vez dispensou a comida japonesa", contou o jornalista.

Antes do jantar, a cantora fez uma apresentação de cerca de duas horas (com o auxílio de um vídeo) sobre seus projetos sociais. Um deles é uma escola em São Paulo.

Antes de voltar ao Rio para o jantar, Madonna passou a tarde em São Paulo. Ela visitou a cidade para uma reunião na Casa do Saber, no Itaim, e para um almoço no restaurante Fasano.

Fonte: g1, www.g1.com.br