Madonna tem pedido de adoção negado no Malauí

Segundo a corte local, Madonna não preencheu alguns requisitos para a adoção

A cantora Madonna teve seu pedido de adoção negado pelo tribunal do Malauí nesta sexta-feira, 3, segundo fontes do jornal "Daily Mail". A pop star quer adotar Mercy James, de 4 anos.

Segundo a corte local, Madonna não preencheu alguns requisitos para a adoção, como estar casada e morando no país por 18 a 24 meses. A cantora, que morava na Inglaterra, mudou-se com os filhos para os Estados Unidos, desde que se separou de Guy Ritchie.

Segundo a Efe, grupos de direitos humanos acusam autoridades de dar tratamento especial à cantora e de ter burlado as leis para facilitar a adoção de David Banda, há um ano e meio atrás. De acordo com a Reuters, a Ministra da Informação do Malauí, Patricia Kaliati, defendeu o governo dizendo que Madonna ajudou o país e é uma boa mãe.

Alguns mais radicais dizem que esse tipo de adoção pode estimular o tráfico de crianças. É o caso do juiz Esmi Chondo, do Malauí. "Ao contrariar as regras que deveriam proteger nossas crianças, a corte, através de seu veredicto, pode facilitar o tráfico de crianças por pessoas inescrupulosas, que tirariam vantagem da brecha aberta nas leis do país", disse Chondo, segundo o jornal "Telegraph".

O juiz disse ainda que a pequena Mercy não tem nenhuma necessidade de ser "resgatada" da pobreza, já que está vivendo em um dos melhores orfanatos do país.

Fonte: Ego, www.ego.com.br