Filho gay é internado pela própria mãe em BH

Os médicos dizem que o rapaz tem bom comportamento, é consciente dos seus atos

Uma mãe de Belo Horizonte teria internado seu próprio filho em uma clínica psiquiátrica no interior de São Paulo, após descobrir que o filho é homossexual e está namorando um rapaz.

O jovem conta que 3 homens o sedaram e o levaram de casa a força enquanto ele dormia. Ainda diz que que nunca fez mal a ninguém e que beber e fumar maconha não faz de ninguém um criminoso, que tem que ser privado do convívio dos amigos e familiares e que sua mãe não aceita a sua opção sexual. Ele, que está há 74 dias internado, pede ajuda por medio de uma carta, mas alega que não precisa de remédios, e que esta lúcido. A mãe disse que internou por causa do uso de maconha. "Eu o internei porque quero o melhor para meu filho e não quero que ele chegue ao fim do poço".

Os médicos dizem que o rapaz tem bom comportamento, é consciente dos seus atos e não sabem o real motivo de sua internação na clínica. O Conselho Federal de Psicologia e o Ministério Público vão apurar o caso.

Fonte: Terra, www.terra.com.br