Mais de 30 pessoas ficam soterradas em escola na China

Mais de 30 pessoas ficam soterradas em escola na China

Terremoto ocorreu no horário de abertura das escolas

O desabamento de uma escola étnica na Província chinesa de Qinhai, atingida por um terremoto de 7,1 graus na escala Richter nesta quarta-feira (14), causou o soterramento de 30 a 40 pessoas, segundo o jornal China Daily.

As equipes de resgate tentam salvar vidas nos destroços do prédio de quatro andares, mas o trabalho tem sido lento, de acordo com o veículo. O terremoto já provocou mais de 400 mortes e cerca de 10 mil pessoas ficaram feridas.

A Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China enviou três aviões para o transporte de socorristas e materiais de socorro.

Os militares também encomendaram um avião PLA 1500 e destacaram cem soldados paraquedistas para ajudar nas operações de salvamento na zona do terremoto.

O abalo ocorreu às 7h49 (20h49 desta terça-feira em Brasília), no período em que as escolas abriam.

Equipes de resgate de outras regiões da China foram chamadas para auxiliar nos trabalhos de resgate.

Fonte: R7, www.r7.com