Maria Gadú se apresentará no Theatro 4 de Setembro em 12 de abril

A cantora se apresentaram em 12 de abril em duas sessões

No dia 12 de abril, o projeto Seis e Meia traz para Teresina a cantora Maria Gadú, que se apresenta em duas sessões no Theatro 4 de Setembro. A primeira sessão inicia às 18h30 e a segunda às 21h. A abertura do show será feita pela cantora piauiense Dandinha.

Em Teresina, a cantora apresentará seu último trabalho intitulado “Guelã”, que possui canções como “Suspiro”, “Ela”, “Semi-Voz”, entre outros sucessos. Este é o primeiro álbum de carreira que a cantora lança desde “Mais Uma Página”, de 2011. Para Maria Gadú, as experiências musicais e pessoais adquirida nesses quatro anos estão refletidas em “Guelã”.

“É um disco diferente dos outros. Muita coisa aconteceu nesse meio tempo: viajei, fiz música lá fora e tive a oportunidade de conhecer artistas de outras nacionalidades”, explica a cantora sobre as influências do novo trabalho.

O novo álbum traz a identidade da cantora, que cuidou de cada detalhe. “É um disco feito a pouquíssimas mãos. Trabalhei meticulosamente em cima dele, dentro de casa, com preciosismo e cuidado. Não é um apanhado de canções, todas elas têm a ver entre si. 

Nos meus outros lançamentos, desde 2009, trabalhei com pessoas muito boas, mas desta vez senti a necessidade de me desafiar e ver quem eu era. Foi muito legal e diferente.Nesse momento, eu sou exatamente o que está ali no disco”, revela a artista.

O projeto Seis e Meia é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult). Todos os meses uma atração local deve se apresentar no palco do Theatro 4 de Setembro. Os ingressos já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro, sendo os valores da primeira sessão R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Já para a sessão de 21h o valor do ingresso é de R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Maria Gadú

Em 2008, quando se mudou para o Rio de Janeiro, Maria Gadú começou a cantar em bares da Tijuca e Zona Sul. Seu talento não passou despercebido e chamou atenção de nomes ligados à música, como Caetano Veloso, Milton Nascimento e João Donato.

Sua carreira começou a deslanchar após interpretar a canção Ne Me Quitte Pas, de Jacqes Brel, para o diretor Jayme Monjardim. A música foi incorporada à trilha sonora da minissérie “Maysa, quando fala o coração”, dirigida por Jayme, que foi lançada no ano de 2009. Gadú também fez uma participação especial na série.

Ainda em 2009, a cantora lançou seu primeiro álbum homônimo. A canção Shimbalaiê, escrita por ela quando tinha 10 anos, foi destaque. Depois a cantora regravou a música Ne Me Quitte Pas e a  História de Lily Braun para a minissérie Cinquentinha.

Em 2009, a cantora recebeu duas indicações para Grammy Latino com o álbum Maria Gadú. Nos anos seguintes lançou os álbuns Mais Uma Página e Nós.

Em 2015 o álbum “Guelã” foi indicado ao Grammy Latino na categoria melhor álbum MPB.


Maria Gadú
Maria Gadú


Fonte: Portal MN