Mia Couto e Ondjaki vêm para o Salão do Livro do Piauí

Mia Couto e Ondjaki vêm para o Salão do Livro do Piauí

Estão confirmados também Mmilton Hatoum, Jose de Nicola, Marina Colasanti, Pedro Bandeira e Salgado Maranhão

Em sua oitava edição, o Salão do Livro do Piauí retorna à Praça Pedro II, Centro de Teresina, no período de 31 de maio a 6 de junho com uma intensa programação que inclui palestras, lançamentos de livros, exposição fotográfica e apresentações musicais. Assim como em anos anteriores, o evento contará com a participação de convidados internacionais, como o moçambicano Mia Couto e o angolano Ondjaki.

Nascido na cidade de Beira, o professor e biólogo Mia Couto foi diretor da Agência de Informação de Moçambique, da revista Tempo e do jornal Notícias de Maputo. Entre suas obras estão poesias, contos, crônicas e romances, muitos destacando a cultural e tradições de país de origem. Muitas vezes comparado ao escritor Guimarães Rosa pela recriação literária que faz em diálogos, o moçambicano se tornou um dos mais renomados ficcionistas da atualidade, com livros traduzidos para diversas línguas, como o francês, inglês, alemão e italiano.

Ndalu de Almeida, mais conhecido por seu pseudônimo Ondjaki, que também participa do Salão, é um autor premiado com experiência na área do teatro e da pintura. Nascido em Luanda, o angolano já estudou em Lisboa e na prestigiada Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, onde filmou o documentário ?Oxalá cresçam pitangas - histórias da Luanda?.

Além de Mia Couto e Ondjaki, já estão confirmadas as presenças de Cristóvão Tezza, Milton Hatoum, Jose de Nicola, Marina Colasanti, Salgado Maranhão e Pedro Bandeira. A parte musical ficará por conta de Patrícia Mellodi, Renato Piau e Luiz Melodia. ?Estamos esperando a confirmação de outros nomes, como Dráuzio Varela, e entramos em contato com o músico e escritor Tony Beloto?, revelou o professor Luís Romero, presidente da Fundação Quixote, instituição responsável pelo SALIPI.

Paralelo ao SALIPI, que este ano celebra o escritor picoense Fontes Ibiapina e lembra ainda os centenários de nascimento de Rachel de Queiroz e de morte de Joaquim Nabuco, será realizada ainda a 13ª edição do Seminário Língua Viva.

Fonte: Assessoria